Efuturo - Página para compartilhar seu talento literário na Web. Compartilhe seu texto, poesia, sentimentos. 24456 - O tempo e as intempéries - HÉLIO BACELAR

Solicitamos sua ajuda para continuar com nosso Espaço GRATUITO. Eu Cláudio Joaquim desenvolvedor do projeto conto com a ajuda de Todos. Ajude-nos com um PIX do valor que você pode para o CPF: 02249799733.

Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 184
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

O tempo e as intempéries

Ao arrepio do natural da lei das intempéries,
queremos nós burlar o tempo a todo instante.
De que jeito?
De todas as maneiras que,
manhosamente, o finório nos permite:
tangendo as rugas para debaixo da pele;
cobrindo as indeléveis marcas com pó de arroz;
burlando as cicatrizes com arrebiques
ou se fazendo de sonso-leso no passar dos anos...,
e coisas muito mais pior: nem vale a pena dizer.

E no carcomido do corpo e da pedantice leviana,
vamos levando a dolentes passos de valsa
os fáticos borbotões de crueza do reimoso do tempo:
faceirice sem nexo, vendo pela angulação do recalque.

Mas pra que tanta cisma com as trapaças do tempo,
se não tem justeza essa ferruginosa ruinaria?

Podia ser mais condescendente, o briosíssimo tempo;
mais complacente e criterioso no seu lerdoso passar.
Então, se não tem nada que o faça estancar,
Temos mais é que tentar burlar e tapear e enganar...,
tangendo as rugas para debaixo da pele;
cobrindo as indeléveis marcas com pó de arroz;
burlando as cicatrizes com arrebiques
ou se fazendo de sonso-leso...,
e falsear o que se pode falsear:

isso para não esmorecer e destrambelhar de vez;
isso para não se apoquentar e enxovalhar o tempo;
isso para fingir que o tempo não nos encalça
e que não é, a existência, ruinosa e perversa!

Manhas de um falsear que condiz com a nossa essência!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de HÉLIO BACELAR:
..., e a lua espiando a vida, e a vida espiando a lua! Autor(a):
..., e o Silêncio serve de Amém! Autor(a):
..., muito menos Autor(a):
...por isso mesmo! Autor(a):
A água e a ponte Autor(a):
A calma da noite afligida Autor(a):
A dissonância Autor(a):
A flor da idade Autor(a):
A Lua! Autor(a):
A lua, nua e crua! Autor(a):
A lua, o Sol e o Tempo Autor(a):
A pele que me veste Autor(a):
A peleja do dia com a noite Autor(a):
A picula da lua com o sol Autor(a):
A primeira vez! Autor(a):
A Sombra Autor(a):
A teia mundo Autor(a):
A vela Autor(a):
A vida é... Autor(a):
A Vida, em Livro Autor(a):
A Vista da Laje da minha Casa Autor(a):
Acinte Autor(a):
Adivinhatória Autor(a):
Afrodisia Autor(a):
Agnus Autor(a):
Ah! ... Essa linda manhã... Autor(a):
Alicia Autor(a):
Alma Rara Autor(a):
Amém aos silentes! Autor(a):
AMOR! Autor(a):

CONVITE ESPECIAL. Conheça o nosso novo projeto. Participe em nossa Sala de Leitura e Escrita. Com muito mais recursos.
Grátis.
https://epedagogia.com.br/salaleitura.php


Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje 1