THALYA SANTOS

 -  - THALYA SANTOS
Total Visualizações: 82252
Texto mais lido:
AMANHECER NA QUERÊNCIA - Total: 588
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1194
10 Autores mais recentes...
MARISA BARBOSA CAJADO
FATIMA HELUANY ANTUNES NOGUEIRA NOGUEIRA
ZEKA BIGUETTI
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
LUCONI
MÁRCIO EVANGELISTA DOS SANTOS
VIVIANE MAUBRIGADES
REGINA SOUZA VIEIRA
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1226538
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 229158
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110135
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 83248
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 82252
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 44080
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28821
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 28063
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25959
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23350
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 130
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

DESCANSA MÃE VELHA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

JUCA SOLTAVA DO SERVIÇO
E IA DIRETO PRA CASA DA MÃE
JÁ QUASE TERMINARA SEU CASAMENTO
POR ESTE SEU COMPORTAMENTO
POIS SUA ESPOSA RECLAMAVA
PORQUE ELE NÃO IA CEDO PARA CASA
MAS JUCA, SEMPRE CONTORNAVA A SITUAÇÃO
POIS SUA MÃE JÁ ESTAVA VELHINHA
FICARA VIÚVA E MORAVA SOZINHA.
JUCA CHEGAVA ASSOBIANDO
CHEIO DE ALEGRIA
ASSIM ERA TODO DIA.
A MÃE JÁ PREPARAVA O CHIMARRÃO
ELE DIZIA DESCANSA MÃE VELHA
QUE EU PREPARO PARA TI
MAS A MÃE LEVANTAVA
APOIADA EM UMA BENGALA
MANDAVA O FILHO SENTAR NA SALA
E IA DIRETO O FOGÃO
PREPARAR O AMARGO
COMO MANDA A TRADIÇÃO
DEPOIS AO LADO DO FILHO
FICAVA FELIZ PROSEANDO
ATÉ A NOITE CHEGAR
FALAVAM DOS TEMPOS PASSADOS
DA SAUDADE DO VELHO JUCA
O PAI QUE JÁ HAVIA FALECIDO
DO TEMPO DA CASA CHEIA
POIS ELA TINHA MAIS DOIS FILHOS
QUE FORAM MORAR NA CIDADE
POR FALTA DE VONTADE
OU DE DIFICULDADE
NUNCA MAIS VOLTARAM
E A MÃE VELHA MORRIA DE SAUDADE.
JUCA SEMPRE PREOCUPADO COM A MÃE
PEDIA PARA A DONA DIVINA
A UNICA VIZINHA
OLHAR SUA MÃEZINHA
PORQUE ELE SÓ PODIA
CHEGAR A TARDINHA
UM DIA O JUCA CHEGOU
E ESTAVAM A PROSEAR
E NESTA PROSA A MÃE FALOU
QUE ESTAVA CANSADA DA SOLIDÃO
SENTIA-SE MUITO DOENTE
E PREVENDO SUA PARTIDA
SE PREOCUPAVA COM O FILHO
ENTÃO EMOCIONADA
AO FILHO FEZ UM PEDIDO
FILHO QUANDO EU MORRER
TU NÃO DEVES SOFRER
POIS SERA MINHA LIBERDADE
VOU VIVER EM OUTRO UNIVERSO
TALVEZ ENCONTRE TEU PAI
E ENCONTRE A FELICIDADE
O FILHO ABRAÇOU A MÃE
E NAQUELA NOITE SAIU CHORANDO
ANDOU UM POUCO E VOLTOU
ENTÃO PARA A MÃE GRITOU
DESCANSA MÃE VELHA
AMANHA NÃO VOU TRABALHAR
VOU CHEGAR BEM CEDO
VOU PREPARAR O JANTAR
BUENAS NO OUTRO DIA
O JUCA CHEGOU ASSOBIANDO
ENTROU E NÃO VIU A MÃE NA SALA
FOI AO QUARTO
E NA CAMA ESTENDIDA
VIU A MÃE MORTA
SAIU GRITANDO E BATENDO A PORTA
CHAMOU A DONA DIVINA
E FOI MUITA TRISTEZA
OS OUTROS FILHOS CHEGARAM
SE DESESPERARAM CHORARAM
E O JUCA CALADO
SENTIU O CORAÇÃO SOSSEGADO
E ATÉ SE SENTIU ABENÇOADO
POIS NUNCA ABANDONOU A MÃE
SEMPRE FICOU AO SEU LADO
MAS NA HORA DO SEPULTAMENTO
UMA DOR APERTOU EM SEU PEITO
ENTÃO AOS IRMÃO ELE GRITOU
PODEM IR EMBORA
PORQUE A MÃE VELHA
POR VOCÊS ESPEROU
DE SAUDADE CHOROU
E DE ESPERAR ELA CANSOU
E NA ÚLTIMA DESPEDIDA
NUM SUSSURRO EM DOR NUM AI
ELE GRITOU
DESCANSA MÃE VELHA
JUNTINHO COM O PAPAI.


PELOTAS RS

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de THALYA SANTOS:
A ALMA Autor(a):
A CADEIRA DA VOVÓ Autor(a):
A CHUVA NÃO PARA Autor(a):
A CIDADE DORME Autor(a):
A CIDADE MAIS ANTIGA DO RIO GRANDE DO SUL ( CURIOSIDADES ) Autor(a):
A DANÇA DA CANETA Autor(a):
A DESGRAÇADA DA ESTELA Autor(a):
A DIFERENÇA DE LADRÃO DE GALINHA E DE ROUBAR O PAÍS Autor(a):
A DOR QUE SUFOCO EM MEU PEITO Autor(a):
A ESCADA Autor(a):
A ESCOLA DA VIDA Autor(a):
A FORÇA DA AMIZADE Autor(a):
A HERANÇA Autor(a):
A HISTÓRIA DA VELHA Autor(a):
A HISTÓRIA DO PIÁ Autor(a):
A IMPORTÂNCIA DO QUASE Autor(a):
A LUA FOI DORMIR Autor(a):
A MADRUGADA Autor(a):
A MAGIA DA NOITE Autor(a):
A MENINA E HISTÓRIA Autor(a):
A MINHA AMIGA AMARILLIS Autor(a):
A MORTE Autor(a):
A MORTE NÃO INTERROMPE A VIDA Autor(a):
A PALHAÇA Autor(a):
A PERERECA GELADA Autor(a):
A POESIA DO NADA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A PORTA TRANCADA Autor(a):
A RUA Autor(a):