SRTA. AMARIA

380 -
Total Visualizações: 2510
Texto mais lido:
A puta que existe em mim. - Total: 1589
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 42
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2413554
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 312534
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 216356
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 117867
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 110898
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 110319
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 90520
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 45637
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 40206
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 40113
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 246
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Deixe-me encontrar-me.


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Apenas abri os olhos e ele ainda estava lá. Seu sono era profundo, o que já era de se esperar depois de um dos dias mais cansativos que já tivemos. Levantei da cama, tentando ser o mais cuidadosa possível para não acordá-lo. Me arrumei, decidindo partir naquele mesmo momento. Talvez fosse covardia, mas eu não tinha coragem de dizê-lo a verdade assim, logo de cara... logo depois do que rolou entre nós. Escrevi uma carta. Talvez fosse menos pior, receber a notícia por mim de uma forma não tão direta.

“Me desculpa ir embora assim, sem nem ao menos avisar para onde fui. Não queria partir e te deixar partido, mas não tinha jeito melhor de deixar uma marca na sua vida. Eu sou um furacão mesmo, chego levando tudo pelos ares e vou-me deixando todos os destroços espalhados pelo campo. Não queria que fosse assim, queria sim que fosse calmaria, rotina e segurança, só que as mudanças dentro de mim ocorrem rápidas demais para você suportar. Me desculpa por ter vivido os melhores momentos e ter ido sem prazo de volta. Mas eu juro, eu volto quando me encontrar.“

Enfiei-a em um envelope que estava na minha bolsa e o deixei em cima da cômoda do quarto. Olhei pela última vez para ele... aquele momento doeu. Doeu ter que abrir mão de tudo. Doeu ter que abrir mão de nós. Com o coração nas mãos atravessei a porta, e nos meus pensamentos, o disse: “isso não é um adeus, é apenas um até logo, eu juro“.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SRTA. AMARIA:
Leitura para MAIORES DE 18 ANOS
A puta que existe em mim.
Autor(a):
Aquele aDeus que não pude dar. Autor(a):
Deixe-me encontrar-me. Autor(a):
Não queremos ser mais uma. Autor(a):
Um amor de guarda-chuva Autor(a):