ROBERT THOMAZ

 -  - ROBERT THOMAZ
Total Visualizações: 8569
Texto mais lido:
Não perder o foco - Total: 374
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 382
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1621181
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 262797
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 137083
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113333
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 95324
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 63016
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 36181
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33397
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 32777
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 30871
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 177
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Confesso que tu és meu pecado


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Ah mulher curvilínea, de madeixas em movimento, a desfilar em meus pensamentos
Como és tão doce e sedutora, fêmea a fazer-me de são em louco, homem insano
Pecado do qual tento não perpetrar, pois és figura que ronda meus sentimentos
E sei que vou pecar novamente por ti, depois do beijo, rasgar-lhe todo o pano

Tentei tanto não deixar prosperar esse desejo por teu corpo que me faz ferver
Que me torna mais louco que um paraquedista a saltar sem seu velame
Que me faz correr pelo Vale da Morte sob altas temperaturas e não morrer
Que me faz andar pela Paulista gritando o seu nome e pedindo que me ame

Ah, mas fazer isso é pouco diante do que tu me fazes nas sombras de tua cama
Mulher devassa, de fria não tens nada, nem como cerveja és, doce namorada
Que com tuas magias encanta-me o sexo e, soberbamente, sussurra que és minha ama
Então ordenas que eu te devore, da cabeça aos pés, de maneira despudorada

O que faço para ser perdoado desse pecado mulher tão formosa?
Carregar pedras por horas sob o sol ou lançar-me diante de trem?
O pecado verdadeiro és tu, que sabes ser essa mulher tão indecorosa
Se perguntarem por ti, nunca direi, porque não quero que te encontrem

Robert Thomaz

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ROBERT THOMAZ:
A boca que me devora Autor(a):
A escuridão das pessoas Autor(a):
A esse amor devastador... Eu me rendo Autor(a):
A jovem guerreira Autor(a):
A loja de vidas Autor(a):
A luz dos teus olhos se acenderá por mim Autor(a):
A mais bela dobra da Criação Autor(a):
A poesia é a face mais bela da literatura Autor(a):
A razão do teu viver! Autor(a):
A tragédia da vida Autor(a):
Achado ou perdido? Autor(a):
Amantes da poesia Autor(a):
Amar é viver delírios poéticos Autor(a):
Anjo Autor(a):
Anjos não dormem em noites escuras Autor(a):
Anomalia Autor(a):
Após o Pecado Original Autor(a):
Arder em ti pela madrugada Autor(a):
As Irreverentes Autor(a):
Atalaiada – Parte I Autor(a):
Atalaiada – Parte II Autor(a):
Beijar é o toque de duas bocas Autor(a):
Bela morena Autor(a):
Confesso que tu és meu pecado Autor(a):
Contas do amor Autor(a):
Deixando pedaços de mim... Autor(a):
Descanse... em paz Autor(a):
Devora-me ou te mato! Autor(a):
Doce amizade... era o amor perfeito Autor(a):
Dor minha, amor meu Autor(a):