Biblioteca Online
Estou com Sorte...
A B C D E F G H I J K L M
N O P Q R S T U V X Y W Z

Pinheiro Chagas - Astúcias de namorada Imagem em formato de círculo com a bandeira do Brasil, no site é utilizada para escolhe o idioma Português

ERROR PDF. 379Astucias-de-namorada.pdf.


(1842-1895)


Manuel Joaquim Pinheiro Chagas (1842-1895) nasceu em Lisboa. Frequentou o Colégio Militar, a Escola do Exército e a Escola Politécnica.

As suas obras tiverem êxito imediato, êxito este que não se repercutiu após a morte do autor, sendo praticamente esquecido. Para isso muito contribuíram as polémicas entre ele e Eça de Queirós.

Obras poéticas: Anjo do Lar (1863), Poema da Mocidade (1865). Obras de ficção: Tristezas à Baira-Mar (1866), A Flor Seca (1866), Os Guerrilheiros da Morte (1872), A Corte de D. João V (1873), O terramoto de Lisboa (1874), As Duas Flores de Sangue (1875), A Mantilha de Beatriz (1878). Obras dramáticas: A Morgadinha de Valflor (1869), Deputado de Venhanós (1869); A Judia (1869), À Volta do Teatro (1868), Madalena e Helena (1875), Quem Desdenha (1875). Obras de história e de crítica: Ensaios Críticos (1866), Novos Ensaios (1867), Portugueses Ilustres (1869), História de Portugal (8 volumes 1869-1874), História Alegre de Portugal (1880), Migalhas da História de Portugal (1893).


(1842-1895)


Manuel Joaquim Pinheiro Chagas (1842-1895) nasceu em Lisboa. Frequentou o Colégio Militar, a Escola do Exército e a Escola Politécnica.

As suas obras tiverem êxito imediato, êxito este que não se repercutiu após a morte do autor, sendo praticamente esquecido. Para isso muito contribuíram as polémicas entre ele e Eça de Queirós.

Obras poéticas: Anjo do Lar (1863), Poema da Mocidade (1865). Obras de ficção: Tristezas à Baira-Mar (1866), A Flor Seca (1866), Os Guerrilheiros da Morte (1872), A Corte de D. João V (1873), O terramoto de Lisboa (1874), As Duas Flores de Sangue (1875), A Mantilha de Beatriz (1878). Obras dramáticas: A Morgadinha de Valflor (1869), Deputado de Venhanós (1869); A Judia (1869), À Volta do Teatro (1868), Madalena e Helena (1875), Quem Desdenha (1875). Obras de história e de crítica: Ensaios Críticos (1866), Novos Ensaios (1867), Portugueses Ilustres (1869), História de Portugal (8 volumes 1869-1874), História Alegre de Portugal (1880), Migalhas da História de Portugal (1893).