SEBASTIÃO GERALDO FERREIRA GOMES

484 -
Total Visualizações: 2258
Texto mais lido:
Márcia (Feche os olhos e sorria para as flores) - Total: 278
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 154
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1323925
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 239127
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110932
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 105690
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 86231
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 48053
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 30929
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 29385
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 28032
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 24344
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 278
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Márcia (Feche os olhos e sorria para as flores)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

MÁRCIA
(Feche os olhos e sorria para as flores)


Márcia
quisera eu poder enxergar
tão profundo como você!
Tenho os meus olhos abertos,
mas pouco enxergo
e nada vejo.
Os seus olhos enxergam belezas
que eu não consigo ver.
Mesmo você não enxergando,
normalmente,
vê coisas maravilhosas
reproduzidas pela sua fala.
Eu, no entanto,
pouco consigo reproduzir
pela minha fala
o que vejo,
pois só!...
Vejo imagens ululantes
dançando em frente aos meus olhos,
mas não consigo ver
o desenho espiritual delas,
que só você consegue.
Aquele brilho
que excede à forma das imagens
e que você diz ser tão presente,
eu não consigo vislumbrar.
Vejo imagens perfeitas,
imperfeitas,
coerentes ou não,
belas ou feias
de acordo com a minha convicção,
mas só pelo lado externo.
E o lado externo das pessoas
para mim não diz nada!
O interior de qualquer pessoa
não salta aos meus olhares,
sendo essa
a grande dificuldade
que sinto ao avaliar
de forma correta
o valor de cada um de meus semelhantes.
Fico imaginando os juízes,
os julgadores,
será que eles enxergam
as diferenças entre o sim e o não?...
Quando as pessoas
me olham de frente
sorriem para mim.
E eu vejo
no sorriso das pessoas
somente aquilo que eu posso enxergar,
nem mais nem menos!
Quando me olham de costas
seus sorrisos se esvaem
e eu consigo isso sentir.
Sinto,
mas não consigo enxergar
é por isso que nada vejo
e, portanto, não posso julgar,
nem ao menos avaliar
cada uma dessas pessoas.
Aceito no entanto
a minha cegueira espiritual,
mesmo tendo
os meus olhos abertos.
Creio Márcia
que você consegue ver mais belezas,
mesmo tendo os seus olhos sem brilho,
do que todos nós juntos
de olhos abertos,
mas de corações fechados.
Com exceção, no entanto,
de quem fecha os olhos
e sorri para as flores!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEBASTIÃO GERALDO FERREIRA GOMES:
A Riqueza do Caminhar Autor(a):
Aos olhos da mulher Autor(a):
Aquele amor Autor(a):
Discurso de um Político cara-de-pau Autor(a):
Eternamente Autor(a):
Eternamente Autor(a):
Eu só sei te amar Autor(a):
Feliz na alegria Autor(a):
Márcia (Feche os olhos e sorria para as flores) Autor(a):
O meu amor não foi bastante Autor(a):
Pobre Senhor Autor(a):
Quem disse Autor(a):
Universalmente única Autor(a):