SILVIO DUTRA

 -  - SILVIO DUTRA
Total Visualizações: 16319
Texto mais lido:
Há Alguma Coisa Difícil Demais para o Senhor? – P 2 - Total: 546
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 316
10 Autores mais recentes...
SUELEN LUIZ DE OLIVEIRA
EDENICE SANTOS DA SILVA
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
DIONILDO DANTAS
VALMIR APARECIDO SAMBO
WALLACE MARINS
DEIVID
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 3560282
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 444624
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 423067
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 409062
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 221070
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 140515
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 127602
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 65401
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 56599
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 55732
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 330
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Amor a Deus


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Do mero ponto de vista religioso, segundo o entendimento comum do homem natural, não nascido do Espírito, pode soar algo muito exagerado o cuidado que se deve ter com todo o tipo de pecado, em todas as suas formas, sejam pequenos ou grandes, de forma a exterminá-los na raiz, em continuadas mortificações, caso seja necessário, mas quando isto é visto do ponto de vista divino, especialmente no tocante ao propósito de Deus na criação do homem, para que fosse inteiramente santo e sem qualquer mancha ou culpa diante dele, então a coisa muda de figura, pois, podemos ver que por mais que fossem considerados exagerados os cuidados para exterminar o nosso pecado pelo sangue de Jesus, e poder do Espírito Santo, ainda seria muito pouco, pois o que se tem em vista é uma eternidade na mais pura e perfeita santidade, conforme estamos sendo conduzidos à mesma pela salvação de Jesus Cristo.
Afinal, o que é o pecado, senão a rejeição do governo de Deus na alma? Pelo amor ao pecado afirmamos o nosso ódio a Deus e a toda a sua vontade. E em sentido oposto, o verdadeiro amor a Deus significa o nosso ódio ao pecado.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SILVIO DUTRA:
A Adoração no Culto Público Autor(a):
A Aliança Eterna, o Suporte do Crente sob Aflição Autor(a):
Amor a Deus Autor(a):
Como Ir para o Céu Autor(a):
Confessar e se Arrepender em vez de se Endurecer Autor(a):
Conforto para os Cristãos – Parte 1 Autor(a):
Conforto para os Cristãos – Parte 2 Autor(a):
Conforto para os Cristãos – Parte 3 Autor(a):
Conforto para os Cristãos – Parte 4 Autor(a):
Deus nos Ordena Sermos Santos Porque Ele é Santo Autor(a):
Domínio do Pecado ou da Graça Autor(a):
Há Alguma Coisa Difícil Demais para o Senhor? – P 1 Autor(a):
Há Alguma Coisa Difícil Demais para o Senhor? – P 2 Autor(a):
Hebreus 1 - Versos 10 a 12 – P1 Autor(a):
Hebreus 1 - Versos 10 a 12 – P2 Autor(a):
Hebreus 1 - Versos 8 e 9 – P1 Autor(a):
Hebreus 1 - Versos 8 e 9 – P2 Autor(a):
Hebreus 1 – Versículos 1 e 2 Autor(a):
Hebreus 2 - Verso 1 – P1 Autor(a):
Hebreus 2 - Verso 1 – P2 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 2 a 4 – P1 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 2 a 4 – P2 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 2 a 4 – P3 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 2 a 4 – P4 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 5 a 9 – P1 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 5 a 9 – P2 Autor(a):
Hebreus 2 - Versos 5 a 9 – P3 Autor(a):
Início, Meio, Fim e Recomeço – Parte 1 Autor(a):
Início, Meio, Fim e Recomeço – Parte 2 Autor(a):
John Owen - Hebreus 1 - Versos 4 e 5 – P1 Autor(a):