FRANCISCO DE ASSIS SILVA

 -  - FRANCISCO DE
Total Visualizações: 11850
Texto mais lido:
HOMENAGEM À MEMÓRIA DE MEU FILHO FERNANDO - Total: 242
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 475
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1607542
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 261864
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 135962
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113244
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 95009
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 62280
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 35981
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33253
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 32602
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 30135
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 205
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ASPIRAÇÕES... NA TARDE CHUVOSA...


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

ASPIRAÇÕES...
NA TARDE CHUVOSA...


Estou só na minha sala... O silêncio me acalma!
Estes dias de chuvas, tocam dentro de mim...
E enchem por completo toda a minha alma
De motivos vãos... Sentimentos vagos de esplim...

Aqui no meu reduto – o dia está cinzento
Num recolhimento de tédios chocantes;
Existe em mim um silêncio bom de isolamento
E uma vontade fútil de mil coisas distantes...

Ouço os pingos que passam pela rua afora,
Para mim, são como desfiar as contas de um terço,
E a chuva... a recitar a mesma ária sonora
Quem sabe se a cantar não embala algum berço?

Vai morrendo a tarde, pacífica... A chuva a cair tão boa...
Parece bem mais triste a chuva ao fim do dia...
Ouço pisadas de alguém solfejando à toa
Uma canção singular que eu quase já não ouvia!

Quem pode ser? Ah! se fosse o som dos teus passos!
Se enfim fosses tu, (que um dia partiste...)
E que agora de novo, viesses aos meus braços,
Nesta tarde chuvosa compenetrada e triste...

Fosses tu que voltasses para a minha vida,
Para vim aquecer nosso abrigo, como antigamente,
- e trouxesses tua alma ardente e arrependida!
E teu corpo, agora arrependido e quente!

E as tuas mãos novamente para as minhas mãos,
E os teus olhos brilhantes para a luz dos meus...
E lançasses ao voltar, as sementes e os grãos
Na terra vazia que deixastes depois do teu adeus!

Há dias que chove assim... Dias lentos, cinzentos!
Eu, sozinho, horas a fio, entre livros e impaciente
Ouvindo lá fora o sonoro sibilar dos ventos
E a monotonia da chuva caindo lentamente...

Acho bom este isolamento!... A calma... Esta doçura...
Vendo as folhagens na vidraça como me acenando,
E uma silhueta de mulher... (a chuva forma a figura!)
E minha mão no papel veloz vai desenhando...


Francisco de Assis Silva

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
20/03/2018 07:27:56
Um poema pertinente ao dia chuvoso de hoje!...
Comentado por: FRANCISCO DE ASSIS SILVAData Cadastro: 20/03/2018 07:27:56

Mais textos de FRANCISCO DE ASSIS SILVA:
A HISTÓRIA HILÁRIA DE UM SONETO Autor(a):
A MORTE Autor(a):
A REFORMA PROTESTANTE Autor(a):
ADJON - 55 ANOS DE GLÓRIA! Autor(a):
AGRADECIMENTO ÀS MÃES Autor(a):
ALEGRIA! Autor(a):
AMARGA DESILUSÃO Autor(a):
AMEI COMO NINGUÉM AMOU Autor(a):
AMO IMENSAMENTE! Autor(a):
AMO! Autor(a):
AS NAMORADAS QUE CONQUISTEI DOS MEUS AMIGOS Autor(a):
ASPIRAÇÕES... NA TARDE CHUVOSA... Autor(a):
ATRAÇÃO Autor(a):
BALADA PARA NÓS DOIS Autor(a):
BALADA PARA NÓS DOIS Autor(a):
BOA NOITE! Autor(a):
CAMA DE CIMENTO Autor(a):
COMISERAÇÃO A UMA MULHER Autor(a):
COMPUNÇÃO - PESO NA ALMA Autor(a):
CONTA-ME... Autor(a):
ELEIÇÃO E PREDISTINAÇÃO Autor(a):
EM ALGUM LUGAR DO PASSADO Autor(a):
ÉS LINDA! Autor(a):
EU RECORDO COM CARINHO Autor(a):
FRIA SOLIDÃO Autor(a):
FUGA NO MEIO DA NOITE Autor(a):
GRAÇAS PELOS TEUS DIAS Autor(a):
HOMENAGEM À MEMÓRIA DE MEU FILHO FERNANDO Autor(a):
HOMENAGEM À MEMÓRIA DE MEU FILHO FERNANDO Autor(a):
INDECISÕES Autor(a):