ALHOSAL

3628 -
Total Visualizações: 105
Texto mais lido:
O dia esquecido - Total: 41
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 15
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2200771
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 300708
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 195921
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 116675
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 106744
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 94798
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 67578
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 43390
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 38538
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 38353
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 41
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

O dia esquecido


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Uma voz de sonho me chama, o dia clareia.
Café, simpatia, geleia e algumas torradas,
Visto roupas surradas, uma cor em cada meia.
A vila fica para trás, só figuras borradas

Sob a sombra do moinho, a pastorinha faceira,
Quem dera fosse noite, estrelas na face corada.
A miragem se esvai, desço a curva traiçoeira,
Um estranho que enfim abandona sua morada.

Na cidade, as casas brilham sob o sol, douradas.
Do outro lado, a praia, o oceano, canto de sereia.
Vejo as batidas de carros e também as touradas.
Na praia, piratas e sonhadores, tesouros na areia.

Nuvens sufocantes, a tarde segue bem-humorada.
Chegamos tarde para o chá, que venha logo a ceia!
Alguém toca a cítara, vinho e uma torta devorada.
Volto correndo para casa, é noite de lua cheia.

(Poesia incluída no livro Projeto Poesias Encantadas X - Antologia Poética, publicado pela Editora Becalete/2016)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALHOSAL:
Apolo Autor(a):
Lembranças da mente alcantilada Autor(a):
O dia esquecido Autor(a):