PAULO FONTENELLE DE ARAUJO

 -  - PAULO FONTENELLE
Total Visualizações: 82593
Texto mais lido:
ALMA SURDA - Total: 668
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 4577
10 Autores mais recentes...
GRAZIELLE APARECIDA PEREIRA DE AMORIM
PATRICIA DE ALMEIDA CARVALHO
ANA PAULA DE JESUS OLIVEIRA
MICHELE LIMA CAVALCANTE
ROSA SANTOS DA SILVA
SHIRLEY A. MORAIS
JUCIENE DE SOUZA SANTOS NASCIMENTO
IVONETE MELO DE CARVALHO
PRISCILA MIDORI
SIMONE BIANCHI ZAAR
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 6672650
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1344342
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1007590
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 856453
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 514207
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 252091
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 153857
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 134584
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 128241
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 112532
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 614
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

A DESCONSTRUÇÃO

Ordenei-me no caos.
Quis edificar
a ampla estrutura de ser
no loteado planalto humano.
Parti do minuto areia
e aceitei os dias
como pedras pulverizadas.
O ESQUECIMENTO FOI ALICERCE.
Admiti a resina dos povos.
(Todos povos possuem resinas).
Aceitei os homens
e seus desatinos quando em massa reunida
e suportaria o aglomerado,
caso ele não fosse impactado sobre mim.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Levantei paredes apenas de barro cozido
porque pensei essa é minha consistência
e é um tipo de lama
que me reciclará através do tempo.
Mas terminei a obra. Vistoriei.
A edificação nunca será a maior residência
de uma rua com nome de Barão.

Ah, percebo agora,
a verdade é uma gruta,
eu sempre fui gruta e essa é minha poesia.
Um oco escavado.
um vão úmido maior que todos os projetos
e milhares de possibilidades me cercam.
Uma estalactite coteja,
vocábulos construtores em meu ouvido.


Do livro Borboletas noturnas não existem - não publicado
phcfontenelle@gmail.com

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de PAULO FONTENELLE DE ARAUJO:
20 DE JANEIRO DE 1983 Autor(a):
A BELEZA, QUARTA DIMENSÃO Autor(a):
A CEGONHA Autor(a):
A CIDADE POSSÍVEL Autor(a):
A DESCONSTRUÇÃO Autor(a):
A FORÇA DO CIÚME Autor(a):
A FORMIGA ALHEIA Autor(a):
A INVENÇÃO DO FUTEBOL Autor(a):
A MÁQUINA DO TEMPO Autor(a):
A MULHER DO LOUCO Autor(a):
A MÚMIA Autor(a):
A PISADA DO GIGANTE Autor(a):
A PRIMAVERA DAS FADAS Autor(a):
A SONDA AMERICANA VOYAGER I Autor(a):
A TEVÊ LIGADA Autor(a):
AGUMAS MOTIVAÇÕES Autor(a):
ALGUMAS PRINCESAS Autor(a):
ALMA SURDA Autor(a):
ALMA SURDA Autor(a):
AMO A VIDA COMO WALT WHITMAN Autor(a):
AMOR ATO VINTE Autor(a):
AMOR AOS DOZE ANOS Autor(a):
AMOR ATO CINCO Autor(a):
AMOR ATO DEZ Autor(a):
AMOR ATO DEZENOVE Autor(a):
AMOR ATO DEZESSEIS Autor(a):
AMOR ATO DEZESSETE Autor(a):
AMOR ATO DEZOITO Autor(a):
AMOR ATO OITO Autor(a):
AMOR ATO ONZE Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje EDUARDO DE PAULA BARRETO
Aniversariante de Hoje SALETI HARTMANN