ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 261163
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2642
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 274
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1601496
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 261163
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 135670
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113201
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 94793
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 61568
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 35849
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33171
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 32504
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 29833
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 88
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Suicídio (R04)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Não sei o que eu fazia sentado naquela poltrona, olhando fixamente para um vazio na parede. Logo eu, um trabalhador que nunca faltou ao emprego sem uma justa causa.
Pensava , e cada vez pensava mais. Fazia uma retrospectiva de minha vida. Uma vida vazia, sem causa e sem ocupação.
Uma vida bem diferente das outras pessoas , uma vida de preocupações, ou ocupações da vida alheia.
Não que eu me preocupe com as pessoas , mas com o que elas tem e eu não tenho. Esconder a verdadeira face de uma alma podre é fácil. Fingir que tudo está bem é mais fácil ainda.
Aquela manhã algo estranho estava borbulhando em minha mente, diabólico, desmedidamente tenebroso. Só sei que acordei e me sentei na poltrona do quarto e lá fiquei. Não sei o porquê , mas eu queria estar perto daquela mesinha e com as divagações da minha mente , com os pensamentos, deu-me uma vontade de abrir a gaveta da mesinha.
Foi automático e a vontade transformou-se em ação.
Abri, e lá estava talvez a solução de tudo. Magnânime em toda sua forma , reluzindo seu brilho, tal era seu brilho e seu lustre que dava para usar como um espelho. Majestoso em seu perfil, possuía uma silhueta nobre. Tocá-la e sentir seu metal frio, sentir toda a sua forma nas pontas dos dedos, algo fantástico de ver, a sensação era de medo e fascínio ao mesmo tempo.
A solução era ela que me daria , pois ela era firme, impiedosa, machucaria até minha alma. Um baque somente, uma única dor e tudo estaria acabado. Peguei-a na mão , senti toda sua consistência e peso.
Levei-a até a cabeça, um único estampido, a dor repentina, as luzes foram se apgando, o corpo foi gelando, os sons se extinguindo, a vida deu lugar à morte.


Alexandre Brussolo (21/12/1994)



 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):