ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 500534
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2861
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 309
10 Autores mais recentes...
CELSO J.
VALERIA BRITO BULHOES ROCHA
SUELEN LUIZ DE OLIVEIRA
EDENICE SANTOS DA SILVA
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
DIONILDO DANTAS
VALMIR APARECIDO SAMBO
WALLACE MARINS
DEIVID
IVONE DETTMANN GONCALVES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 3773839
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 542639
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 514920
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 500534
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 256470
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 157006
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 131107
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 74726
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 65199
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 63246
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 1103
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 3
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Estrada sem fim (T2938)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

De minha eterna caminhada
tento ser este alguém
um errante em trilha traçada
que procura algo mais além.

Sou esta mistura do mundo,
a felicidade esculpida em tristeza,
mergulhado em pensamento profundo,
sou de mim a própria incerteza.

Caminho nas sombras da escuridão,
o obscuro, a neblina que não se desfaz,
não acho minha verdadeira vocação,
uma busca fria, vazia, e ineficaz.

Trago a poesia de palavras sem nexo,
de filosofia vã e sem entendimento,
sou este poeta, apenas um vazio reflexo,
uma estrada infinita de sofrimento.

Alexandre Brussolo (04/06/2017)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
12/04/2018 09:50:14
sua poesia não é palavra sem nexo. Parabéns pelo texto
Comentado por: ANDRADE JORGEData Cadastro: 12/04/2018 09:50:14

06/04/2018 12:40:37
belo poema, amigo Alexandre
Comentado por: OSCAR KELLNER NETOData Cadastro: 06/04/2018 12:40:37

Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):