ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 262507
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2647
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 274
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1616939
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 262507
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 136872
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113312
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 95238
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 62801
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 36121
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33366
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 32726
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 30600
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 72
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Feitos um para o outro (T1337)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Quem foi que disse
que não nascemos um para o outro.
Como a lua nasceu para a noite,
como o sol nasceu para o dia,
como as nuvens enfeitam o céu,
assim somos nós a vivermos juntos.
Como as ondas beijam a areia da praia,
como a borboleta beija a flor,
como a gaivota plaina no ar,
assim somos nós em uma só voz.
Como a música se casa com a letra,
como a poesia se casa com os versos,
como o vento acaricia as árvores,
assim somos nós, não existe o acaso.
Como a chuva que cai e se une ao solo,
como o rio que corre se une ao oceano,
como a tristeza se desfaz em meio ao sorriso,
assim somos nós, feitos um para o outro.

Alexandre Brussolo (26/09/2011)

 
 

Esse texto já foi lido hoje por esse computador e usuário. A contagem da poesia não foi adicionada!
 
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):