ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 238626
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2602
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 242
10 Autores mais recentes...
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
FATIMA HELUANY ANTUNES NOGUEIRA NOGUEIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1318288
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 238626
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110863
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 103566
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 86002
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 47820
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 30814
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 29303
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 27927
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 24286
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 82
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Experiência (T1236)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Vejo um velho que caminha
numa estrada entre árvores,
um pequeno fio de água que corre,
e o velho segue a trilha
na companhia de um cão,
vai até a ruína de um velho casarão,
experiência se vê em seu cabelo branco,
não tem mais família o pobre homem,
quantas histórias vividas nas mãos calejadas,
agora deita no chão do que foi uma casa,
o cachorro o olha com compaixão,
único ser a escutar a voz calada do velho,
vela o sono agora de seu fiel dono
que em sonhos se vê longe da solidão,
em campos verdes e férteis
que terminam naquele velho rio
onde um dia sua história começou.

Alexandre Brussolo (03/06/2011)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):