ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 443638
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2831
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 309
10 Autores mais recentes...
SUELEN LUIZ DE OLIVEIRA
EDENICE SANTOS DA SILVA
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
DIONILDO DANTAS
VALMIR APARECIDO SAMBO
WALLACE MARINS
DEIVID
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 3550679
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 443638
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 419320
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 402769
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 220316
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 140273
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 127269
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 64873
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 55811
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 55002
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 191
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Carta Póstuma (R10)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Esta carta foi encontrada na casa de um professor após vários dias sem sinal de vida dele. A polícia foi acionada e na casa só foi encontrada esta carta e mais nada, até hoje o seu desaparecimento é um mistério.


Carta Póstuma

Talvez, caros leitores, quando lerdes esta carta já não estarei mais neste mundo. Quem sabe estarei desfrutando as maravilhas do mundo espiritual, ou talvez, estarei apenas por passar por sofrimentos, já que o que estou para fazer não é digno do homem.
Mas saiba você, meu amigo, se assim posso chamar-lhe, há coisas no mundo que fazemos para alertar a humanidade da medíocre situação em que vivem, então daí o sacrifício.
Minha vida inteira, ou melhor, até aqui, foi encima de mentiras e enganações. Bem sabe você que sou professor, não se espante, é uma carreira digna sim. Não leciono por motivos financeiros, já que o que ganhamos mal dá para as nossas realizações pessoais, leciono por gosto, acredite. Só que aí está o problema, o desejo e a vontade de dar aula só se tornam satisfação quando temos alunos interessados em levar o conhecimento junto deles, quando a aula se torna o centro de interesse dos alunos.
Infelizmente não é assim, estudamos, e aquilo que aprendemos passamos a outros que nem sequer se ligam na importância do aprendizado, e na satisfação por parte do professor quando tudo que foi ensinado foi assimilado.
É, realmente, vivemos num mundo de mentiras, sustentadas por pessoas que não dão a mínima para o ensino e o aumento de seu conhecimento. Pessoas que sentam nas cadeiras das escolas e se dizem estudantes e de estudantes não têm nada, e o pior, estão enganando a si mesmas.
A hora de dar um fim a isto está chegando, de transformar o recinto escolar em um ambiente de respeito, de cultura e de busca de integridade no mundo.
Para isso pratico este ato, talvez covarde, mas quem sabe alguém lendo a publique, e as pessoas a lendo, parem para pensar e refletir, então aí sim, se não tive satisfação quando ainda havia esperança e vida em meu corpo, quem sabe a terei do outro lado, vendo que quando lida esta carta as pessoas tomaram um rumo mais íntegro, respeitando acima de tudo, nós professores.
Que Deus perdoe meu ato.



Alexandre Brussolo (24/03/1995)



 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):