LAZARO NASCIMENTO

 -  - LAZARO NASCIMENTO
Total Visualizações: 11527
Texto mais lido:
CEDO - Total: 264
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 922
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1452276
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 248610
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 122923
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112056
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 90534
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 53947
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33217
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31268
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30029
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 25769
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 146
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

EU HORIZONTE


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Eu segui o meu caminho
Sempre em direção de mim mesmo
À minha frente estava um guerreiro imponente
Que tentava dar tempo aos que se julgavam fortes
Para que eles realmente ficassem fortes...

Eu segui o meu caminho
E em um momento difícil parei diante de mim
E me abraçei de um jeito humilde e simples
E simplesmente esperei de mim o melhor
E fiz por mim o melhor...

E me soltei de garras que me amarraram
Me libertei de espinhos que me dilaceraram
E limpei dos olhos as lágrimas que ali se estancaram
E refiz no peito um coração que havia se partido
Em mil pedaços quando eu me permiti um partido...

Eu era um horizonte discreto e imponente
Eu surgia e dessurgia sempre que era necessário
Eu dava a minha mão sempre que era preciso
E como se fizesse parte de mim não me notava
E de vez em quando sabia que eu estava lá.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de LAZARO NASCIMENTO:
ADEUS Autor(a):
AGORA AQUI E O PRÓXIMO Autor(a):
ÁGUA Autor(a):
ALEM DESSE MOMENTO Autor(a):
ALTO! Autor(a):
AMO A VIDA E O QUE ELA ME ENSINA Autor(a):
AMONG MOONS Autor(a):
AMOR Autor(a):
AQUELE MOMENTO Autor(a):
ARCO IRIS Autor(a):
ASSIM DO MEU TAMANHO Autor(a):
CAMINHANTE DE SEUS OLHOS Autor(a):
CANSEI DE DIZER ADEUS Autor(a):
CEDO Autor(a):
CINZAS DO TEMPO Autor(a):
CONTINUO AMANDO Autor(a):
DAVI E GOLIAS Autor(a):
DEIXE-ME Autor(a):
DEPOIS DE FLORIR A PRIMAVERA Autor(a):
DESCOBRI SEM QUERER Autor(a):
DESEJO Autor(a):
DESESPERO Autor(a):
DESILUSÃO Autor(a):
DESPEDIDA Autor(a):
DONA MARIA Autor(a):
ESPELHO Autor(a):
ESSE AMOR Autor(a):
ESSE AMOR SEM RECHEIOS Autor(a):
ESSE TEMPO QUE URGE Autor(a):
ESSES SEUS OLHOS Autor(a):