LUIZ VICENTE MACIEIRA COSTA

 -  - LUIZ VICENTE
Total Visualizações: 1153
Texto mais lido:
Andanças de poeta - Total: 162
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 233
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1453858
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 248737
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 123459
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112067
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 90580
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 54045
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33244
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31288
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30053
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 25784
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 162
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 1
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Andanças de poeta


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

O poeta vaga pela cidade observando a vida que passa.
Em cada rosto que observa
tenta compreender uma angustia,
Ele não sabe se é sua ou daquele a quem observa.
Na sua triste caminhada, detalhes de uma vida passada
trazem à sua mente e aos olhos
lágrimas que já foram choradas
no sofrimento de uma criança,
que, embora triste,
conserva a esperança diante de tudo.
Ele não sabe ao certo o que vê
ou se realmente o vê,
mas não se espanta!
Compreende que sozinho, nada pode.
por isso ele escreve!
clama com palavras
na esperança de que outros ouçam o seu grito
e que juntos entendam a necessidade de cuidar,
amparar e guiar
aquele que um dia lhe amparará.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
18/04/2018 09:27:35
que texto mais bonito...
Comentado por: LUNA DI PRIMOData Cadastro: 18/04/2018 09:27:35

Mais textos de LUIZ VICENTE MACIEIRA COSTA:
A meu amor Autor(a):
Andanças de poeta Autor(a):
Aos meus filhos Autor(a):
Julgamento retórico Autor(a):
Julgamento retórico Autor(a):
NOS OLHOS DA GENTE Autor(a):
O tamanho da dor Autor(a):
O UM E O OUTRO Autor(a):
Resumo de um Romance Indefinido Autor(a):
Sei lá... Autor(a):