HÉLIO BACELAR

 -  - HÉLIO BACELAR
Total Visualizações: 3523
Texto mais lido:
Alicia - Total: 238
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 167
10 Autores mais recentes...
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
GISELE NEGRO DE LIMA
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1204270
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 226345
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110026
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 80263
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 79628
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43276
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28330
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27771
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25650
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23151
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 140
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 2
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Tatuagem


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

a Jéssica Rosário

Que tinta pinta à tarde,
quando a tarde finda?
Quando o céu ainda,
tem traços de azul?

Que tinta pinta à tarde,
quando a tarde em tintas,
se esvai!?

Quando a luz é tinta,
e a tinta com qual o céu se pinta
respinga nas águas do mar
com sangue na cor.

A tinta que pinta o céu,
é a tinta que o mar se pinta?
Ou apenas respinga e espalha esses muitos tons?
Que matiza a tarde...
Que entinta o céu...
Que entinta o mar e tinge as águas!
... tom-sobre-tom!
... cor-sobre-cor!

Sangue sobre verde-azul...
Ouro espraiado nas águas...
E outros muitos entretons,
das muitas tintas que pintam a vida.

Cor da vida que a tinta imita?
Cor da tinta que a vida pinta?
Cor da tinta que só respinga?

Um crime nos teus olhos mel!

Poço de luz.
A claridade e o carmim...,
cobre mais que o céu e mar!
Margeia seus cabelos tintos, cor de vinho!
Desenha seu corpo no azul já quase findo,
contra a luz do sol!
Contra o branco que já não é tão branco!
Contra o azul que não é mais azul!
Contra a luz...
Quando já se faz noite.

E você tatuada no braço do mar!
Seu corpo cravado no azul!
Translucidado no exato tom.
Eterna e bela!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de HÉLIO BACELAR:
..., e a lua espiando a vida, e a vida espiando a lua! Autor(a):
..., e o Silêncio serve de Amém! Autor(a):
? Autor(a):
A Lua! Autor(a):
A Vista da Laje da minha Casa Autor(a):
Adivinhatória Autor(a):
Alicia Autor(a):
Autópsia Autor(a):
Carnal Autor(a):
Chiquinho Kamikaze Autor(a):
Cupido Autor(a):
Dervixe Autor(a):
Entre o vinho e o batom Autor(a):
Janela Autor(a):
Janelas Autor(a):
O mar e a mirra Autor(a):
O Príncipe Negro - capítulo 1 - O Nada Grande Autor(a):
O Silêncio e a Dúvida Autor(a):
Perfume Autor(a):
Porteira Autor(a):
Pós-coito Autor(a):
Tatuagem Autor(a):
Tua presença Autor(a):