ANDRADE JORGE

 -  - ANDRADE JORGE
Total Visualizações: 23130
Texto mais lido:
FAÇA UMA PONTE - Total: 364
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 770
10 Autores mais recentes...
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
GISELE NEGRO DE LIMA
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1201571
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 226054
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110016
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 80144
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 78814
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43189
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28284
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27735
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25617
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23130
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 241
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ÁGUAS DE SALTO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

ÁGUAS DE SALTO
Poema escrito em 24/01/2015
Andrade Jorge
Lendas, encantos e poesia
na antiga Salto do Ytu, anoiteceu
e às margens do Ytu Guaçu
a prosperidade amanheceu.

Território particular
Salto do Ytu, povoado
na Capela de N.S. do Monte Serrat, vamos rezar,
o tempo passou, e o rei perdeu o reinado.

Corta Ytu, viva Salto independente,
O rio que te serpenteia, cachoeira encantada, é nosso tesouro
terra do algodão, açúcar, café, aguardente,
Tietê caminho do ouro.

O progresso se consolida,
chegou a máquina de ferro, ferrovia,
nas tecelagens Júpiter e Fortuna muita lida,
também na fabrica de meia ou papel, fartura havia.

O tempo passa, na saudade mergulhei
Rio Tietê onde saltei, nadei, fui feliz
no ontem me refugiei,
porque hoje a água corre infeliz

Salta cascata, salto cativante, salto dos amores,
lembrança do passado, lágrima atual
índios, bandeirantes, trabalhadores
fizeram de ti um poema imortal.

Homenagem ao Rio Tietê

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ANDRADE JORGE:
"X" Autor(a):
"X" (poesia reflexão) Autor(a):
A CHUVA Autor(a):
A FÉ COMO ELA NÃO É Autor(a):
A FÉ COMO ELA NÃO É Autor(a):
A MULHER DO BARBEIRO (conto) Autor(a):
A MULHER QUANDO AMA Autor(a):
A PAZ Autor(a):
A TÁBUA (lição de vida) Autor(a):
ACADÊMICO ANDRADE JORGE Autor(a):
ACASO Autor(a):
ACQUA Autor(a):
ACQUA (poesia traduzida para o idioma Italiano) Autor(a):
ADEMILDE Autor(a):
ÁGUAS DE SALTO Autor(a):
AMANHÃ Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMAR Autor(a):
AMIGA Autor(a):
AMIGA Autor(a):
ANGELICAL E DEMONÍACO Autor(a):
ANJOS Autor(a):
APAGÃO Autor(a):
APAGÃO (Cotidiano) Autor(a):
ARDIL Autor(a):
ASNEIRAS & BESTEIRAS (poesia amor) Autor(a):
ATCHIMMMM! (poesia infantil) Autor(a):
ATRIZ Autor(a):
ATRIZ (POESIA REFLEXÃO) Autor(a):