TÂNIA DU BOIS

212 -
Total Visualizações: 1366
Texto mais lido:
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM - Total: 175
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 138
10 Autores mais recentes...
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
PERGENTINO JUNIOR
MARIA DO SOCORRO DOMINGOS
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1197861
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 225602
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 109994
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 79899
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 78605
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43063
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28209
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27679
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25566
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23098
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 110
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 1
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

LIVROS E LOMBADAS


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

“Nos livros / as lombadas / riem de nós / como nelas descobrir /
suas verdades? // Nos livros / as lombadas / nos cansam /
como estivéssemos a subir / andar por andar tentando descobrir /
nos segredos do último pavimento / o que está dentro de nós.”
(Pedro Du Bois)

Vocês já notaram que as pessoas quando entram em livrarias voltam-se apenas para os livros com lombadas? Nem percebem os sem lombadas. Até porque, não temos cultura, nem tradição, para considerar o livro apenas pelo seu conteúdo.
A principal parte de um livro não é o significado das palavras? É interessante, porque sempre pensei que a leitura se desse através do gosto pela literatura. Porém, dei-me conta de que muitas pessoas procuram livros para comprar através de dicas de revistas, da aparência e do que está na “moda”. Não é justo, muitos escritores brasileiros, bons, não têm acesso a essa divulgação e nem são alcançados pela mídia.
Conheço a história de um casal apaixonado pela literatura. Ele, poeta, edita seus livros de forma oficial: ISBN, ficha catalográfica; ela confecciona as capas dos livros em uma impressora HP, simples. O engajamento deles é tão grande que contagia a todos que estão por perto. Seus livros não são comercializados, talvez, por não terem lombadas; são doados, distribuídos em bibliotecas, colégios e entre os amigos. O retorno desse trabalho é gratificante, esperançoso e prazeroso.
Um dia, esse escritor resolveu participar de concurso de poesia, em São Paulo, com a apresentação de um livro, foi premiado com o primeiro lugar, reconhecido por mestres em literatura. Só então teve o seu primeiro livro com lombada.
Por incrível que pareça, nem ganhando o concurso e sendo divulgado, tornou-se conhecido; mesmo assim, não foi suficientemente mostrado para merecer a atenção da mídia. Isso não o abalou. Ele continua firme e forte, confeccionando artesanalmente os seus livros e, também, mantém a sua luta literária, escrevendo e divulgando seus textos com paixão.
A esperança persiste, como em Manoel de Barros, o que não o faz desistir. Manoel, no início da carreira, também confeccionou artesanalmente seus livros, com a ajuda da sua mulher; teve a persistência para manter-se poeta até ser descoberto pelos editores. Hoje é consagrado e tão inspirador que, com a sua poesia, leva-nos ao “estado de passarinho”, como no seu poema: “A poesia está guardada nas /palavras – é tudo que sei /... Poderoso para mim não é aquele que descobre o ouro...”

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de TÂNIA DU BOIS:
A ARTE DE FAZER EXISTIR O FIM Autor(a):
A BUSCA da BELEZA Autor(a):
A CARTA Autor(a):
A casa Autor(a):
A COR do INVISÍVEL ( II ) Autor(a):
A COR do INVISÍVEL (I) Autor(a):
ARTE: VOCAÇÃO E PAIXÃO Autor(a):
AS APARÊNCIAS ENGANAM Autor(a):
AS MÃOS Autor(a):
AUTÓGRAFOS Autor(a):
CENA de RUA: livro de imagens Autor(a):
COR no ESCURO Autor(a):
Elogiar Autor(a):
EM PASSOS PESSOAIS Autor(a):
JOGO de CORES (I) Autor(a):
LIVROS E LOMBADAS Autor(a):
MENTES BRILHANTES Autor(a):
O TOM da IMPRESSÃO Autor(a):
OPINIÃO:PÚBLICA ou PUBLICADA Autor(a):
PALAVRAS em MOVIMENTO Autor(a):
Papel & Imaginação Autor(a):
PÁTINA DO TEMPO Autor(a):
PLURAL de LEITURAS Autor(a):
PONTO FINAL Autor(a):
PONTOS de INTERROGAÇÃO Autor(a):
QUANTO TEMPO CONSEGUIMOS FICAR SEM O CELULAR? Autor(a):
SOLHA: a força da Cultura Autor(a):
SUSPIRO das PEDRAS Autor(a):
TELEVISÃO Autor(a):
“QUEM NÃO LÊ, VÊ FIGURA” Autor(a):