ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 250730
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2628
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 274
10 Autores mais recentes...
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1483658
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 250730
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 125490
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112280
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 91348
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 55416
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33728
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31594
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30482
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 26037
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 67
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Insanidade (T2029)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Quanto vale um sonho de amor,
carregado de romantismo?
Quanto vale um sentimento
tão carregado de paixão?
Quanto vale meus dias de solidão
sem poder tocá-la ou beijá-la?
Há algo de insano toda vez
que questiono este meu amor,
uma loucura que se mistura em mim,
se perde entre objetos da realidade
e momentos que parecem ser sonhos,
será que tanto amor assim
esteja me levando a um estado febril,
a uma loucura desvairada e sem fim,
onde talvez pereça sem conhecer
ou simplesmente sem o ter.

Alexandre Brussolo (31/052013)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):