Solicitamos sua ajuda para continuar com nosso Espaço GRATUITO. Eu Cláudio Joaquim desenvolvedor do projeto conto com a ajuda de Todos. Ajude-nos com um PIX do valor que você pode para o CPF: 02249799733.

MARIA HILDA DE J. ALÃO

 -  - MARIA HILDA
Total Visualizações: 24038
Texto mais lido:
BRINCANDO COM PALAVRAS INVERTIDAS - Total: 1150
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 632
10 Autores mais recentes...
CAROLLYNE SANTOS DOURADO
JOSÉ R. CARVALHEIRO NETO
AMANDA DERZE FATURETO
RAYKABRITODEOLIVEIRA
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 8504409
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 2054220
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1406659
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 1018667
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 669057
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 331370
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 183161
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 176346
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 170755
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 157933
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 28
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

MEMEIA, A CENTOPEIA (poesia infantil)

Lá vem Memeia, a centopeia,
Na cabeça tem uma ideia
Deixando-a triste e nervosa:
Quem levou seus sapatos cor-de-rosa?

Todos têm um laço de fita
Feito pela minhoca Rita,
As solas são de ouro do sol
Feitas pelo senhor caracol.

Neles bordou o gafanhoto,
De mão esquerda porque é canhoto,
As verdes folhinhas de murta
Com linha de grama curta.

As fivelas, feitas com amor,
Todas de botão de flor,
Pela cigarra Azulina
Num cantinho da campina.

E foi colado cada sapato,
Isso é verdade, é um fato,
Com resina vinda da colmeia
Para enfeitar os pés de Memeia.

Sumiram, ninguém sabe nem viu,
Os sapatos no mês de abril
Deixando descalça Memeia
Procurando entre as azaleias.

- Sorri Memeia lindinha!
Sou eu, o grilo, nesta banquinha
Munido de viola e de pandeiro
Sendo o cantor o meu velho companheiro,

O canário-da-terra soltando a voz.
Tem tambor de casca de noz
Para o esquilo fazer batucada
Entrando pela madrugada,

Em frenético rebolado
Para não ficar bicho parado
E assim restaurar a tua alegria,
Memeia, tristeza só dá agonia!

(15/11/05)
(Maria Hilda de J. Alão)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de MARIA HILDA DE J. ALÃO:
A ABELHINHA (infantil ecológica) Autor(a):
A APOSTA Autor(a):
A AVENTURA DE KITO E BRISA (História infantil) Autor(a):
A BOCA, AS MÃOS, O ESTÔMAGO E OS PÉS (História Infantil) Autor(a):
A BONECA ZAROLHA Autor(a):
A BORBOLETA AMARELA (poesia infantil) Autor(a):
A BORBOLETA MARIETA Autor(a):
A BRINCADEIRA DAS LETRINHAS (história) Autor(a):
A BRUXINHA SEM VASSOURA (cordel infantil) Autor(a):
A CAIXA MÁGICA (cordel infantil) Autor(a):
A CAMISOLA DE NEVE Autor(a):
A CANÇÃO DO CAVALINHO (poesia infantil) Autor(a):
A CARTA SOBRE A CAMA Autor(a):
A CASA DA TARTARUGA Autor(a):
A CASA SOLITÁRIA (poesia) Autor(a):
A CASINHA PERDIDA Autor(a):
A CASINHA PERDIDA (infantil) Autor(a):
A CIGARRA E A FORMIGA (história infantil) Autor(a):
A COBRA E O RATINHO (cordel infantil) Autor(a):
A CORRIDA DA LEBRE (cordel infantil) Autor(a):
A DOR DE DENTE DO URSO (infantil) Autor(a):
A ESPERA DA PRIMAVERA Autor(a):
A ESTRELA-DO-MAR (história infantil) Autor(a):
A FÁBRICA DE OVOS DE PÁSCOA Autor(a):
A FADA E O SAPO Autor(a):
A FARRA DOS MORTOS Autor(a):
A FESTA DA GRAMÁTICA Autor(a):
A FESTA DO FOLCLORE (folclore do Brasil) Autor(a):
A FESTA DO LEÃO (cordel infantil) Autor(a):
A FORMIGA E O COELHO Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje ANTONIO CABRAL FILHO