Solicitamos sua ajuda para continuar com nosso Espaço GRATUITO. Eu Cláudio Joaquim desenvolvedor do projeto conto com a ajuda de Todos. Ajude-nos com um PIX do valor que você pode para o CPF: 02249799733.

LADISLAU FLORIANO

 -  - LADISLAU FLORIANO
Total Visualizações: 157921
Texto mais lido:
VILÕES E LOBOS - Total: 1896
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1047
10 Autores mais recentes...
CAROLLYNE SANTOS DOURADO
JOSÉ R. CARVALHEIRO NETO
AMANDA DERZE FATURETO
RAYKABRITODEOLIVEIRA
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 8504311
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 2054086
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1406646
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 1018646
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 669028
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 331355
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 183157
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 176338
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 170754
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 157921
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 129
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

VELHA CHAMA

VELHA CHAMA

quando os ventos da saudade
sopram forte no coração
desnorteia, tal a tempestade
inundando-o de lágrimas de solidão.
é forte a chuva que o sufoca
nada mais brota
ja não discerne real de ilusão.

tornam-se fracas suas batidas
o sangue não consegue circular
lembranças outrora adormecidas
insistem em acordar.
com muito esforço que sobrevive
mantendo-se acima do nível
das mágoas que o nquerem afogar.

reve um rosto
relembra nomes
amarga o seu desgosto
onde de amor passa até fome
ali fica combalido
coração fraco e sofrido
aos poucos some.

não pede ajuda, não por orgulho
e nem clemencia,não por falta de fé
mas guarda pra si todo entulho
pois não é duro como dizem que é.
e assim segue o seu destino
tenta voltar ser um menino
e espia ao longe na ponta dos pés.

tentando ver se ve alguém
alguém que lhe possa interessar
ali se encolhe pois nada tem
no horizonte, no além mar
.volta então a realidade
pois bem o sabe
não mais poder amar.

seus sentimentos são encarcerados
aprisionados em outro ser
que ja não pode ser alcansado
então só busca poder viver
alimentando a velha chama
um coração que ja não ama
e outra dona não quer mais ter

Ladislau Floriano

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de LADISLAU FLORIANO:
A BÍBLIA EM POESIAS-EPÍSTOLA AOS HEBREUS Autor(a):
A BIBLIA EM POESIAS-JUDAS Autor(a):
A BIBLIA EM POESIAS-LIVRO DE ESTER Autor(a):
A BIBLIA EM POESIAS-SALMO 06 Autor(a):
A CASA CAI Autor(a):
A CASA CAI Autor(a):
A CRISTO VENHA Autor(a):
A MISSÃO DE ANINHA Autor(a):
A SOMBRA DE MIM Autor(a):
ACORDA Autor(a):
ÁGUIA Autor(a):
AINDA HA ESCAPE Autor(a):
AINDA NÃO É O FINAL Autor(a):
AMANHÃ Autor(a):
AMOR??? Autor(a):
ANONIMATO Autor(a):
ANTES QUE TU NASCESSE Autor(a):
AO CONVERSAR COM DEUS Autor(a):
AO CONVERSAR COM DEUS Autor(a):
AO MENOS...TENTE. Autor(a):
AOS FALSOS PROFETAS Autor(a):
APELO DA ALMA Autor(a):
APELO DA ALMA Autor(a):
APENAS UM POEMA Autor(a):
APENAS UM POEMA Autor(a):
APOCALIPSE CAP. 01 EM POESIAS Autor(a):
APOCALIPSE CAP.1 EM POESIAS Autor(a):
APOCALIPSE EM POESIAS CAP.2 Autor(a):
AQUI JAZ... Autor(a):
ARREBATAMENTO Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje ANTONIO CABRAL FILHO