MARIA HILDA DE J. ALÃO

 -  - MARIA HILDA
Total Visualizações: 15762
Texto mais lido:
BRINCANDO COM PALAVRAS INVERTIDAS - Total: 1050
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 187
10 Autores mais recentes...
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
JOÃO HENRIQUE DE SOUZA
SUZE MARTINS FRANCO MONTEIRO
HEITOR MENDES
HEITOR ABREU VIEIRA MENDES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 7709534
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1723044
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1204134
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 938099
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 589914
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 291498
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 163093
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 158350
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 151549
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 133446
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 46
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

A FORMIGA E O COELHO

Uma formiga estava com muita sede e, como não havia água por ali, ela resolveu ir a uma fonte que ficava um tanto distante. Caminhou muito e, cansada, chegou à beira da fonte. Meio tonta de sede, a formiga caiu na água. Estava quase se afogando quando um coelho, que também bebia na fonte, empurrou uma folha para dentro da água. A formiga subiu na folha e, agradecida, disse:
- Amigo coelho, hoje você salvou a minha vida. Um dia eu retribuirei.
- Ora, amiga formiga, sua amizade será uma retribuição. Não custa nada ajudar nas horas de dificuldade. – respondeu o coelho indo para sua toca aos saltos.
Tempos depois, andando pelo mato, a formiguinha avistou um caçador preparando uma armadilha para pegar o coelho. Na armadilha tinha o que o coelho mais gostava: cenoura. Uma cenoura grande, amarelinha e fresquinha. Que tentação! O coelho só aguardava a saída do homem para avançar e devorar aquela apetitosa cenoura. A formiga, prevendo o triste fim do coelhinho, não teve dúvida. Subiu no sapato do homem e entrando pela perna da calça deu-lhe uma tremenda ferroada na perna, fazendo-o gritar de dor. Com o susto ele deixou a armadilha cair fazendo um tremendo barulho e espantando o coelhinho que fugiu para bem longe.
Dias depois, lá na fonte, a formiga e o coelho se encontraram e, felizes, comemoraram a vitória do fraco sobre o forte.

01/05/09
(Maria Hilda de J. Alão)
(histórias que contava para o meu neto)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de MARIA HILDA DE J. ALÃO:
A APOSTA Autor(a):
A BONECA ZAROLHA Autor(a):
A BRINCADEIRA DAS LETRINHAS (história) Autor(a):
A CARTA SOBRE A CAMA Autor(a):
A FESTA DO LEÃO (cordel infantil) Autor(a):
A FORMIGA E O COELHO Autor(a):
A GALINHA AMARELA Autor(a):
A GIRAFA LINGUARUDA Autor(a):
A GIRAFA LINGUARUDA (cordel) Autor(a):
A MENINA E A BONECA Autor(a):
À PROCURA DA POESIA Autor(a):
A RAPOSA VIDENTE (cordel infantil) Autor(a):
ALGUM DIA EU TE DIREI. Autor(a):
BRIGA DE GATO GRANDE (cordel infantil) Autor(a):
BRINCANDO COM A CACOFONIA Autor(a):
BRINCANDO COM O NÚMERO CINCO Autor(a):
BRINCANDO COM O NÚMERO TRÊS (poesia) Autor(a):
BRINCANDO COM PALAVRAS INVERTIDAS Autor(a):
CARNAVAL NA FLORESTA Autor(a):
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) Autor(a):
CONCERTO PARA UMA FORMIGA Autor(a):
CRIANÇA POETA Autor(a):
CRIANÇA POETA Autor(a):
DEIXA-ME FICAR MAIS UM POUCO Autor(a):
DOM RATÃO NA MANSÃO Autor(a):
DOM RATÃO NÃO GOSTA DE PÃO Autor(a):
DONA CORUJA SABICHONA (cordel infantil) Autor(a):
INVASÃO DA FORTALEZA Autor(a):
MARIA DA GRAÇA Autor(a):
MEU CACHORRO TOTÓ (poesia) Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje IEDA MARCONDES
Aniversariante de Hoje MARIA NAZARETH BIZUTTI