MARIA HILDA DE J. ALÃO

 -  - MARIA HILDA
Total Visualizações: 15761
Texto mais lido:
BRINCANDO COM PALAVRAS INVERTIDAS - Total: 1050
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 187
10 Autores mais recentes...
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
JOÃO HENRIQUE DE SOUZA
SUZE MARTINS FRANCO MONTEIRO
HEITOR MENDES
HEITOR ABREU VIEIRA MENDES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 7709522
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1723043
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1204134
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 938099
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 589914
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 291498
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 163093
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 158350
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 151549
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 133446
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 32
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

CONCERTO PARA UMA FORMIGA

Uma formiga tinha como vizinha uma cigarra cantadeira. Ela passava o tempo todo viajando com sua violinha presa nas costas por um cipó fino. À noite voltava para casa cansada e ia logo dormir. A formiga trabalhava o dia inteiro suprindo sua casa de comida para se alimentar durante o inverno. Um dia a cigarra chegou mais cedo em casa e viu a formiga carregando uma folha, bem maior do que ela, para dentro da casa.
- Olá vizinha! – exclamou a cigarra. – Ainda trabalhando?
- Sim. Preciso me preparar para o inverno que vem aí. Haverá muita neve e eu não poderei sair para procurar alimento.
- Bem, como eu cheguei mais cedo gostaria de cantar para a vizinha. Pode ser?
- Pode sim. – respondeu a formiga sem parar o seu trabalho.
E a cigarra cantou e tocou sua violinha lindamente. Terminado o trabalho de guardar as folhas na sua casinha, e como a cigarra continuasse a cantar, a formiga se pôs a ouvir atentamente o canto. Era um verdadeiro concerto.
- É lindo demais. – disse a formiga – Eu nunca parei para ouvir música. Não sabia que era tão maravilhosa. Agora eu pergunto a você, amiga cigarra: já se preparou para o inverno quando não puder voar por aí por causa do vento, da chuva e da neve? O que comerá? Como se esquentará quando estiver tiritando de frio nas noites geladas?
- Sabe que eu nunca pensei nisso, amiga.
- Pois devia. Cantoria é coisa boa, mas não enche barriga nem aquece o frio. Quem não pensa no amanhã chora.
- Mas a amiga pode me socorrer num momento de aflição, não pode?
- Posso, sim, a começar de agora. Como ainda há luz do sol, vou ensiná-la a trabalhar para suprir a sua casa e ficar prevenida. Todo o dia, pela manhã, sairemos juntas para labutar e, à tardinha, você cantará para mim. Certo?
E assim fizeram. O inverno chegou. A formiga não tinha com que se preocupar. A fartura reinava em sua casa. A cigarra, como seguiu o conselho da amiga, também não tinha preocupações com a fome e o frio. Quando a noite caía e a neve forrava o chão de branco, a cigarra, na sua casinha confortável, cantava e tocava a sua violinha alegrando a vizinha formiga que aprendeu a dosar trabalho com um pouco de diversão.

07/01/22

(Maria Hilda de J. Alão)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de MARIA HILDA DE J. ALÃO:
A APOSTA Autor(a):
A BONECA ZAROLHA Autor(a):
A BRINCADEIRA DAS LETRINHAS (história) Autor(a):
A CARTA SOBRE A CAMA Autor(a):
A FESTA DO LEÃO (cordel infantil) Autor(a):
A FORMIGA E O COELHO Autor(a):
A GALINHA AMARELA Autor(a):
A GIRAFA LINGUARUDA Autor(a):
A GIRAFA LINGUARUDA (cordel) Autor(a):
A MENINA E A BONECA Autor(a):
À PROCURA DA POESIA Autor(a):
A RAPOSA VIDENTE (cordel infantil) Autor(a):
ALGUM DIA EU TE DIREI. Autor(a):
BRIGA DE GATO GRANDE (cordel infantil) Autor(a):
BRINCANDO COM A CACOFONIA Autor(a):
BRINCANDO COM O NÚMERO CINCO Autor(a):
BRINCANDO COM O NÚMERO TRÊS (poesia) Autor(a):
BRINCANDO COM PALAVRAS INVERTIDAS Autor(a):
CARNAVAL NA FLORESTA Autor(a):
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) Autor(a):
CONCERTO PARA UMA FORMIGA Autor(a):
CRIANÇA POETA Autor(a):
CRIANÇA POETA Autor(a):
DEIXA-ME FICAR MAIS UM POUCO Autor(a):
DOM RATÃO NA MANSÃO Autor(a):
DOM RATÃO NÃO GOSTA DE PÃO Autor(a):
DONA CORUJA SABICHONA (cordel infantil) Autor(a):
INVASÃO DA FORTALEZA Autor(a):
MARIA DA GRAÇA Autor(a):
MEU CACHORRO TOTÓ (poesia) Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje IEDA MARCONDES
Aniversariante de Hoje MARIA NAZARETH BIZUTTI