ADEMYR BORTOT

 -  - ADEMYR BORTOT
Total Visualizações: 55754
Texto mais lido:
DEPOIS... - Total: 3938
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2249
10 Autores mais recentes...
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
JOÃO HENRIQUE DE SOUZA
SUZE MARTINS FRANCO MONTEIRO
HEITOR MENDES
HEITOR ABREU VIEIRA MENDES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 7709473
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1722983
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1204131
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 938099
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 589914
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 291498
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 163093
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 158350
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 151548
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 133445
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 68
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

VIDA...

Hoje a minha vida já não tem mais cor
Vivo ela nem sei como e nem onde for
Se entrei nesse amor, não quero e não vou mais sair
Se te busco, te caço, é porque não sei fingir
Amorteço-me dessa fúria incontida e tento
Numa volúpia de impulsos do pensamento
Desse sentir tão grande, raro, de puro encanto
Pois somos uma história, somos uma vida, uma vivência e tanto
Se há uma certeza que esse sonho acabou
Se essa dor dentro de mim, apenas começou
Se até tentei alcançar uma estrela pra te trazer
Mas mesmo assim, creio, o brilho dela não iria entender
E nessa angustia de querer te ver
Tento esquecer de nossas ausências sem doer
Livrando das algemas que nos perpetuam imaginariamente
Nesse sofrer, padecer, nesse penar tão descontente
Só vai fechar essa história, quem já esqueceu
Só vai viver outro amor, quem já deu o seu
Quem vivia de emoções, vive agora distante
Quem perde um amor, perde um raro diamante
Hoje somos apenas um destino sem um sentido
Dos momentos delirantes vividos em teu abrigo
E há um falso entender de nossa historia
Que continuará pra sempre inacabado nessa poesia!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ADEMYR BORTOT:
ALMA! Autor(a):
AQUELE ENCONTRO... Autor(a):
ATÉ QUANDO? Autor(a):
DEPOIS... Autor(a):
DES(ESPERANDO)! Autor(a):
E AGORA? Autor(a):
ESCOLHAS... Autor(a):
ESPERA... Autor(a):
EXPRESSAR! Autor(a):
FILHOS! Autor(a):
ILUSÃO! Autor(a):
MOMENTOS! Autor(a):
NA JANELA DO TEMPO... Autor(a):
NÃO IMPORTA... Autor(a):
PAIXÃO? Autor(a):
QUARENTENADO!!! Autor(a):
REMINISCENCIAS... Autor(a):
RESPOSTA... Autor(a):
SOLIDÃO! Autor(a):
SOMOS... Autor(a):
SONHO! Autor(a):
SOU... Autor(a):
TEMPO, TEMPO!!! Autor(a):
TEU JEITO Autor(a):
VAZIO... Autor(a):
VIDA... Autor(a):
Banner aniversariantes

Aniversário Hoje

Aniversariante de Hoje IEDA MARCONDES
Aniversariante de Hoje MARIA NAZARETH BIZUTTI