PAULO FONTENELLE DE ARAUJO

 -  - PAULO FONTENELLE
Total Visualizações: 78931
Texto mais lido:
ALMA SURDA - Total: 647
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 4492
10 Autores mais recentes...
ANA PAULA DE JESUS OLIVEIRA
MICHELE LIMA CAVALCANTE
ROSA SANTOS DA SILVA
SHIRLEY A. MORAIS
IVONETE MELO DE CARVALHO
PRISCILA MIDORI
SIMONE BIANCHI ZAAR
PROF VANESSA VIEIRA
MARCIA MARIA COUTO COSTA EL CORAB
GERALDA JÚNIA LEMOS PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 6395026
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1258282
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 966473
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 832653
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 495581
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 244003
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 151946
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 129344
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 122356
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 108038
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 88
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

MORTO APAIXONADO

Não fazer amor com seu amor
traz a impressão do estar morto,
mas ninguém quer a morte.
O suicida mesmo
busca um orgasmo no seu ato,
deseja na língua da sua ruína,
uma consumação ardente
quer de sua consorte mortal
a concepção
de um estrago afetivo.

Não fazer amor com seu amor
desmorona o homem.
Ele está morto.

(O morto procura uma mulher pública,
mas ela nada valerá,
mesmo com suas graças de ofício.
A mulher pública não reinventa o amor
não retira o desejo de amar
do finado repelido).

O homem segue liquidado,
pois não fazer amor com seu amor
suscita uma coisa de morto:
algo que arrasa o peito,
algo estrábico, desfeito, torto,
e o homem mal desconfia,
ainda assim é casco.

O morto quer, pelo menos,
dizer à causa do seu arraso:
- Eu quis você nua
para uma paixão intensa;
paixão em sua forma básica,
crua!

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de PAULO FONTENELLE DE ARAUJO:
20 DE JANEIRO DE 1983 Autor(a):
A BELEZA, QUARTA DIMENSÃO Autor(a):
A CEGONHA Autor(a):
A CIDADE POSSÍVEL Autor(a):
A DESCONSTRUÇÃO Autor(a):
A FORÇA DO CIÚME Autor(a):
A FORMIGA ALHEIA Autor(a):
A INVENÇÃO DO FUTEBOL Autor(a):
A MÁQUINA DO TEMPO Autor(a):
A MULHER DO LOUCO Autor(a):
A MÚMIA Autor(a):
A PISADA DO GIGANTE Autor(a):
A PRIMAVERA DAS FADAS Autor(a):
A SONDA AMERICANA VOYAGER I Autor(a):
A TEVÊ LIGADA Autor(a):
AGUMAS MOTIVAÇÕES Autor(a):
ALGUMAS PRINCESAS Autor(a):
ALMA SURDA Autor(a):
ALMA SURDA Autor(a):
AMO A VIDA COMO WALT WHITMAN Autor(a):
AMOR ATO VINTE Autor(a):
AMOR AOS DOZE ANOS Autor(a):
AMOR ATO CINCO Autor(a):
AMOR ATO DEZ Autor(a):
AMOR ATO DEZENOVE Autor(a):
AMOR ATO DEZESSEIS Autor(a):
AMOR ATO DEZESSETE Autor(a):
AMOR ATO DEZOITO Autor(a):
AMOR ATO OITO Autor(a):
AMOR ATO ONZE Autor(a):