SHIRLEY A. MORAIS

55026 -
Total Visualizações: 35
Texto mais lido:
Queimadas - Total: 21
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 30
10 Autores mais recentes...
ANA PAULA DE JESUS OLIVEIRA
MICHELE LIMA CAVALCANTE
ROSA SANTOS DA SILVA
SHIRLEY A. MORAIS
IVONETE MELO DE CARVALHO
PRISCILA MIDORI
SIMONE BIANCHI ZAAR
PROF VANESSA VIEIRA
MARCIA MARIA COUTO COSTA EL CORAB
GERALDA JÚNIA LEMOS PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 6394509
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1258179
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 966426
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 832637
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 495525
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 243999
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 151946
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 129329
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 122346
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 108035
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 14
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

A Garça Alvina

A GARÇA ALVINA
Era uma vez uma garça branca, com nome é de Alvina, um dia ela resolveu conhecer Mato Grosso do Sul, saiu do Pantanal, passou por Campo Grande, no Parque das Nações Indígenas fez muitos amigos, tucanos, araras, corujas, mutuns, capivaras, quatis e muitos outros, contou aos amigos suas aventuras, depois de muita história, despediu-se e foi embora.
Continuando sua viagem, passou por Aquidauana na Estação Ferroviária lembrou-se do trem de ferro e ficou muito saudosa. Depois de descansar um pouco continuou, passou pela serra da Bodoquena onde deu voos rasantes pelos rios cristalinos e cachoeiras estonteantes de Bonito e região.
Alvina seguiu viagem, passou por Bela Vista, mergulhou nas águas do rio Apa. Passou por Antônio João, terra de heróis e continuou pela fronteira, passou em Naviraí que faz divisa com o Paraná visitou o Parque Nacional da Ilha Grande pousou no Paredão das Araras.
Seguiu para Três Lagoas, lugar de grandes indústrias e de encantos naturais, vizinha de São Paulo, pousou na margem da lagoa e saiu de lá ao amanhecer para continuar a aventura.
Passou em Paranaíba divisa de Minas Gerais, onde avistou o lindo “Pôr do Sol na Ponte do Porto”, encantada com tanta beleza deixou a cidade muito feliz com tudo que viu.
Em busca de novas cidades, foi para Costa Rica que faz divisa com os estados Mato Grosso e Goiás, de natureza encantadora onde se pratica turismo de aventura na tirolesa, arvorismo, também tem rios, serras, cachoeiras, e muitos parques: tem o Parque Natural Municipal Salto sucuriú com uma cachoeira de 64 metros.
Em Alcinópolis divisa com Mato Grosso visitou as pinturas rupestres, grutas, cânions, animais silvestres e paisagens exuberantes.
Já estava com saudade de sua casa, ao retornar fez uma grande roda de conversa com todas as aves e bichos do pantanal para contar suas aventuras pelo lindo Mato Grosso do Sul.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SHIRLEY A. MORAIS:
A Garça Alvina Autor(a):
Queimadas Autor(a):