MARCELO GOMES MELO

 -  - MARCELO GOMES
Total Visualizações: 44654
Texto mais lido:
A falácia do amor incondicional - Total: 520
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2358
10 Autores mais recentes...
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
JOÃO HENRIQUE DE SOUZA
SUZE MARTINS FRANCO MONTEIRO
HEITOR MENDES
HEITOR ABREU VIEIRA MENDES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 7710202
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1723465
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1204279
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 938181
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 590002
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 291631
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 163098
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 158390
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 151630
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 133471
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 414
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

A maneira mais eficiente de estudar

Como é que se estuda? Quero dizer, qual é a maneira mais eficiente de estudar? Estudar, é claro, é a maneira de agir quando se deseja aprender algo a respeito de alguma coisa, para uso imediato ou em curto prazo. Ninguém, entretanto, parece estudar para adquirir conhecimentos para a vida toda. O imediatismo rege as escolhas e as necessidades das pessoas, então se deduz que estudar é algo extremamente chato e só se estuda quando se quer algum benefício velozmente.
É por isso que muitos irão definir a melhor maneira de estudar como decorar. Decore o que provavelmente lhe será útil e em seguida descarte, logo que o resultado seja positivo às suas expectativas. Outros dirão: acomode-se em um ambiente tranquilo, silencioso, mantenha o foco em suas atividades e mãos à obra. A concentração trará resultados. Mesmo assim, a ideia de que terá que submeter-se a uma ação bastante chata permanece; estudar nessas definições é o mesmo que contornar uma obrigação com objetivos específicos e que serve apenas a determinados momentos da vida. Estude por obrigação. Obrigue-se a estudar. Faça-o apenas quando achar que precisa. Se não puder driblar essa necessidade através de atitudes antiéticas como colar, consultar disfarçadamente, enganar...
Ainda assim a pergunta se repete: como é que se estuda? Qualquer adolescente não hesitará em lhe dar sua receita infalível de estudar; pego meu livro, sento em frente à televisão na sala, com meu prato de arroz com feijão no colo e o fone em um dos ouvidos, porque o outro serve para ouvir a amiga ao celular; o notebook ao meu lado, conectado à rede social, para me certificar de manter contato com o maior número de colegas possível, enquanto assisto vídeos de minha banda favorita, e pronto! Só não funciona quando minha mãe fica gritando da cozinha, atrapalhando minha concentração.
A verdade é que estudar não é nada disso. Ou, pelo menos, não deveria ser nada disso. Estudar é um processo muito mais simples e o objetivo vai além do imediatismo, da aquisição de conhecimento descartável e inútil. Estudar é se deixar encantar! É aprender sem perceber que está aprendendo, guardar ao invés de decorar. É saber, após diversos anos, que aquele conhecimento foi conservado e sua utilidade se comprova através dos tempos. Estudar é concentrar-se pelo sorriso, indignar-se com as informações das quais discorda, e que vai lhe ensinar a aprimorar o poder de análise e crítica, utilizando o conteúdo para ajudar a formar a própria opinião. Estudar é aprender a manter a mente e o coração abertos para todas as possibilidades, construindo a própria grandiosidade. Estudar é só isso. Muito disso. Ou tudo isso.
Marcelo Gomes Melo

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de MARCELO GOMES MELO:
A arte de comunicar (se) Autor(a):
A arte de escrever na Era digital Autor(a):
A assimetria do amor Autor(a):
A destruição de tudo como conhecemos Autor(a):
A escola que temos e a escolaque queremos Autor(a):
A falácia do amor incondicional Autor(a):
A falta de sorte típica dos pobres Autor(a):
A forma como as aparências enganam Autor(a):
A história da minha vida Autor(a):
A horda Autor(a):
A imortal sinfonia Autor(a):
A influência psicológica para o bem e para o mal Autor(a):
A Ira Autor(a):
A Jesus Cristo nosso Senhor Autor(a):
A maneira mais eficiente de estudar Autor(a):
A minha inóspita filosofia Autor(a):
A misteriosa dubiedade do outono Autor(a):
A musa (Doído de amor) Autor(a):
A namorada - The girlfriend Autor(a):
A natureza chama, o ser humano respeita Autor(a):
A pobre vida Autor(a):
A praga Autor(a):
À procura de mim Autor(a):
A razão das dores alheias Autor(a):
A resistência de políticos e de baratas Autor(a):
Absolvição Autor(a):
Agindo contra o bullying Autor(a):
Ah, o Silva! Autor(a):
Almas perdidas, corpos abandonados Autor(a):
Amor inviolável Autor(a):