ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 225576
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2588
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 237
10 Autores mais recentes...
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
PERGENTINO JUNIOR
MARIA DO SOCORRO DOMINGOS
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1197736
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 225576
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 109994
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 79896
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 78530
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43055
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28205
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27678
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25565
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23096
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 69
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Sábia visão (T934)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Adorava as tardes de Domingo, eram mágicas para mim, meu avô sempre me leva para um passeio ao parque, como gostava daquele contato com a natureza, e mais ainda da companhia daquele homem que admirava muito, tinha um semblante sereno que inspirava confiança, uma voz calma e suave, como dizia no tom certo, uma inteligência fora do comum que me fazia vê-lo como um herói, um relicário do mundo.
Sempre tinha algo útil para me dizer, sempre aprendia muito com aquele ancião de cabelos brancos como a neve, mas não transparecia a idade que verdadeiramente tinha.
Lembro de uma vez que fomo ao parque, e era uma tarde de Domingo, chegamos e eu como sempre corria para sentir o vento no rosto e respirar aquele ar puro.
Quando me aproximei dele tomou aquele olhar filosófico que sempre adquiria quando ia me ensinar algo, adorava quando fazia isso, principalmente pela maneira que empunhava o seu velho cachimbo, o que lhe dava uma ar mais sábio do que já tinha.
__ Vou te falar uma coisa e quero que leve para você e seus filhos, olhe estas árvores, elas não estão aqui por acaso, elas tem uma função no mundo, de trazer o ar que respiramos mais puros, são os pulmões deste mundo, devemos respeitá-las como seres vivos que são, como devemos respeitar os rios que trazem o bem mais precioso da humanidade.
__ O ouro, vovô?
__ Não, o bem mais precioso que temos é um líquido chamado água, é ela que devemos preservar para o bem da humanidade, pois se ela no futuro próximo não for suficiente, não haverá ouro que possa comprá-la, pense nisso. Lembre-se o homem é seu próprio mentor, e também pode ser seu próprio carrasco, Deus confiou a nós seu bem mais precioso, a Terra que vivemos, e não estamos cuidando dela como deveríamos, vai chegar um dia que veremos os efeitos de nossa imprudência.
Nossa, aquele homem de idade avançada era o máximo para mim, na época o via como um sábio, de palavras inteligentes, mas hoje vejo que não era só um sábio, mas um visionário de um futuro talvez certo em sua mente.


Alexandre Brussolo (02/09/2010)


 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):