LADISLAU FLORIANO

 -  - LADISLAU FLORIANO
Total Visualizações: 133469
Texto mais lido:
VILÕES E LOBOS - Total: 1801
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 932
10 Autores mais recentes...
MAXIMILIANO SKOL
WILLIAN DE CAMPOS
ELIZANDRA GOMES
ERNI OLIVEIRA
LOHAYNE FERNANDA RODRIGUES PEDRO
TÂNIA REGINA BRAGA TORREÃO SÁ
JOÃO HENRIQUE DE SOUZA
SUZE MARTINS FRANCO MONTEIRO
HEITOR MENDES
HEITOR ABREU VIEIRA MENDES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 7710167
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 1723458
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 1204279
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 938175
622 SANTO VANDINHO
SANTO VANDINHO
Total: 589994
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 291631
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 163097
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 158388
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 151630
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 133469
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 755
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
 
 

APENAS UM POEMA

APENAS UM POEMA

QUE ME PERDOE ESTA GUERREIRA
QUE HOJE VIVE A MEU LADO
QUE ATURA MINHAS BESTEIRAS
E QUE POR VEZES TENHO MAGOADO.
ESTE MEU BRAÇO DIREITO
AMOR DO MEU PEITO
DURAMENTE CONQUISTADO.

E ASSIM DA MESMA FORMA
PEÇO-VOS PERMISSÃO
POIS NÃO CONTROLO MINHA ALMA
TAMPOUCO MEU CORAÇÃO.
E, CERTAS VEZES, NÃO POR MALDADE,
BROTA-ME NO PEITO UMA SAUDADE,
QUE TIRA MEU RUMO, MINHA DIREÇÃO.

SEI QUE ME ACHAM LOUCO
SELVAGEM, E COISAS AFINS,
SEI QUE TEMPO, RESTA-ME POUCO,
MAS ESTE POUCO PERETENCE A TI.
POR ISSO PERMITO-ME APENAS
DESABAFAR NESTE POEMA
POR UM ALGUÉM QUE PERDI.

DIGO A MÃE DE MEUS FILHOS
NÃO UMA NUVEM PASSAGEIRA
MAS, MULHER DE BRIO,
QUE SE APAGOU SENDO FAGUEIRA.
E NÃO NEGO, DEIXANDO EM MEU PEITO
O QUE TALVEZ EU NEM TENHA DIREITO
HOJE CITAR DESTA MANEIRA.


MAS O DESTINO QUIS
QUE OUTRA LHE TOMASSE O LUGAR
FAZENDO RENASCER EM MIM
NOVAMENTE O DESEJO DE AMAR.
ALGUÉM QUE AMEI OUTRORA
QUE FOI SE EMBORA
MAS O DESTINO A FEZ VOLTAR.


CRUZAMOS-NOS NOVAMENTE
E, EMBORA TALVEZ NEM SEJA FELIZ
ESTA COMIGO SEMPRE PRESENTE
E CUIDA DE MIM.
PREENCHESTE MUITAS LACUNAS
EMBOPRA NÃO AJA FORTUNA
QUE PAGUE QUEM AMA UM DEMENTE ASSIM..

SE A MAGOEI, NÃO FOI COM INTENÇÃO,
APENAS QUIS USAR DE SINCERIDADE,
A MESMA QUE ME FAZ PARECER DURÃO,
O QUE NEM SOU NA VERDADE.
SE MEU LAR JÁ TEVE RAINHA, TENHAS CERTEZA,
HOJE TEM UMA LINDA PRINCESA
QUE SABE IMPOR SUA MAJESTADE.

SEI QUE SÃO SÓ PALAVRAS
PARA MUITOS, SÓ E NADA MAIS.
PARA QUEM AS ESCREVE SÃO COMO BRASAS,
QUE ALIMENTAM A CHAMA QUE EM SI TRAZ,
CHAMAS DE UM QUASE IMPOSSIVEL AMOR
QUE NASCEU, QUASE MORREU, RETORNOU
PARA CALAR QUEM FALA DEMAIS.





LADISLAU FLORIANO

 
 

Esse texto já foi lido hoje por esse computador e usuário. A contagem da poesia não foi adicionada!
 
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de LADISLAU FLORIANO:
A BÍBLIA EM POESIAS-EPÍSTOLA AOS HEBREUS Autor(a):
A BIBLIA EM POESIAS-JUDAS Autor(a):
A BIBLIA EM POESIAS-LIVRO DE ESTER Autor(a):
A BIBLIA EM POESIAS-SALMO 06 Autor(a):
A CRISTO VENHA Autor(a):
A MISSÃO DE ANINHA Autor(a):
ACORDA Autor(a):
ÁGUIA Autor(a):
AINDA HA ESCAPE Autor(a):
AINDA NÃO É O FINAL Autor(a):
AMANHÃ Autor(a):
ANONIMATO Autor(a):
ANTES QUE TU NASCESSE Autor(a):
AO CONVERSAR COM DEUS Autor(a):
AO CONVERSAR COM DEUS Autor(a):
AO MENOS...TENTE. Autor(a):
AOS FALSOS PROFETAS Autor(a):
APELO DA ALMA Autor(a):
APELO DA ALMA Autor(a):
APENAS UM POEMA Autor(a):
APENAS UM POEMA Autor(a):
APOCALIPSE CAP. 01 EM POESIAS Autor(a):
APOCALIPSE CAP.1 EM POESIAS Autor(a):
APOCALIPSE EM POESIAS CAP.2 Autor(a):
AQUI JAZ... Autor(a):
ARREBATAMENTO Autor(a):
ARREBATAMENTO Autor(a):
ATRAS DESTE SORRISO Autor(a):
AVISO Autor(a):
BASTA SER HUMANO... Autor(a):