SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 1043432
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 2120
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1916
10 Autores mais recentes...
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
ADALTO FREITAS
PERGENTINO JUNIOR
MARIA DO SOCORRO DOMINGOS
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
SALETE APARECIDA DOS SANTOS
TAMARA SCARLAT PEREIRA DE SOUZA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1043432
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 202644
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 109016
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 74263
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 60484
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 37178
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 25076
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 23780
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 22564
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 21306
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 23
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

A LUVA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 13 – 14/10/207.

Exposto
Um pálido rosto
D’um medo posto
E há desgosto.
Estatelado
Amargurado
Esbroado
Mal amado.
Claudicante
Soluçante
Os olhos tristes
D’um ser triste.
Desvaira
A mente paira
Faz tudo a esmo
Pra si mesmo.
Há grilhões
Nos corações
Das emoções
Traz profusões
Há soluções?
Exposições
No museu da vida
Há gente que duvida
Da arte real
Foi ela, não eu.
A morte do ateu
Um ser animal
E crê não existir Deus
E perde a vida
Tentando provar.
Tem olhos de carne
Como enxergar?
O amor existe
O ódio também
Sem massa e peso atômico
Não está em laboratório.
Tudo é tão cômico
Quase peremptório.
Torna-se alusivo
Faz-se exclusivo
O homem da cadeira
Enfim saiu
Foi só de licença?

E tinha uma pedreira
E muito resistiu
E na sua crença
Sempre mentiu
Quase se acreditava
Por tanto repetida.
E nos outros não há dívida?
Lindo dicionário:
Pérfidos
Abjetos
Bastardos
Salafrários
Corjas
Ordinários
Forja
Numerários
Excrementos
Nódoas
Nojentos
Hordas
Larápios
E tantas outras luvas
Que os vestem perfeitos
E pisam as uvas
E fazem vinhos
E torcem os direitos
E tecem ninhos
E por fim
Beberão as fezes
E no fim
Comerão as fezes
E por fim no fim
Serão só bostas
Que fedem
E, ali, foram postas;
E agora mexidas
São mais fedidas.
Limpem a Nação!
Fora a podridão!

SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):