ELIO MOREIRA

 -  - ELIO MOREIRA
Total Visualizações: 56353
Texto mais lido:
ALMA CONSELHEIRA - Total: 581
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2023
10 Autores mais recentes...
IVONE DETTMANN GONCALVES
HERBERTEEN SANTOS
DALILA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
CLEITON CARVALHO DE JESUS GONSALVES
LUIZA NASCIMENTO ABREU
MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO
ALHOSAL
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 2067015
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 291474
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 181703
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 115960
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 104741
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 86360
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 56353
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 42115
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 37379
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 37354
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 324
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

UM GAÚCHO CRIANDO POLÊMICA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

UM GAÚCHO CRIANDO POLÊMICA
( E B M )

Na atração dos sentidos, na troca de olhares,
o primeiro roçar de mãos, a primeira namorada.
Nós nos amamos, fomos feitos um para o outro
avisaremos os parentes, precisamos nos casar
construiremos uma vida juntos, filhos vamos criar.
E quando velhinhos seguiremos por uma estrada florida
de mãos dadas bem felizes a caminhar beijando seus lábios
com ardor repetirei, minha cara metade eu continuo a te amar.

Começando pela primeira vez o tempo a passar,
quarenta, cinquenta anos a mesma carne a desfrutar
os mesmos carinhos, a mesma umidade dos beijos
o calor dos mesmos braços sem sentir a chama
no prazer de riscar um fósforo em outra caixa.

Nada de mais lindo e muito fácil de escrever,
porque isto soa poético e o coração enternece,
sendo que os grandes poetas usam estes dizeres
para convencer as musas e versos incrementar
e eu confesso que também escrevo rimas poéticas
nas juras eternas que totalizam as finalidades
para que seja a vida um mar ondulantes de lindas rosas
sentindo o perfume nas finalizações de um amor.

Mas o pai criador me proporcionou
o dom de tornar-me um gaúcho-poeta,
um escritor pensador. E por isto mesmo
sobre isto me ponho a pensar.

Será mesmo que depois de tantos anos contínuos
o desejo continua a dominar corpos envelhecidos?
Será que ainda existe o suco e nos lábios o sabor do mel?
Será que a libido permanece entre risos e afagos?
Será que consumidos pela voragem do tempo possa existir
desejos suficiente que os façam correr em busca de um leito
onde a troca de carícias os levem ao ápice final?

A pensar eu continuo sobre este delicado tema,
estou decidido, a uma conclusão eu quero chegar.
O gaúcho escreve sem o calor que move paixões
e pensando neste escrever eu afirmo, as “coisas”
não funcionam para sempre, não como desejamos
e por mais que me digam que existe possibilidades
por mais que venham poetas escrever que é assim
a quantidade de dias vividos fazem tudo amolecer!

É o nosso corpo uma máquina perfeita,
mas que sofre desgaste, ao passar do tempo
células comem células, engrenagens enferrujam
e passam a não funcionar, e eu sei por experiência própria
fogo acesso, mesmo tendo em sua bases nobres madeira,
elas também queimam e um dia acabam por apagar.
E assim como o sol, por mais que venha o dia esquentar,
ao fim da tarde se despede para dar lugar ao negro da noite
e esta passa a escurecer os ambientes,
sendo que luzes artificiais somos obrigados a usar
para não permanecermos como um alucinado
tristemente as “coisas” a tatear.

Assim nosso corpo ao envelhecer
vai aos poucos fugindo da luz do sol
e como é ele a fonte de vitaminas
que mantém ativo o bom desenvolvimento
de certos setores musculares, nesta fuga acontece
também a diminuição sobre os desejos corporais
é então que necessitamos de claridade artificial.

Mas ela não fornece o calor que desperta
desejos no carinho de um olhar,
e aos poucos se perde
a vontade de sair a passear abraçadinho para que,
sejam claras nas trocas acariciativas dos beijos
as promessas de entrega quando em casa chegar
é ânsia a procurar de um leito macio e perfumado,
mas a casa está na escura, lâmpada não acessa,
corre-se o perigo da tomada não achar.
E o que resta é deitar para descansar.

Claro que eu tenho exemplos, para todo o sempre,
de quem viveu e morreu juntos, sem nunca separar
e construíram caminhos rumo ao paraíso celestial,
mas isto só aconteceu porque os dois entenderam
que o amor arrefece e os órgãos começam a falhar,
mas que, dos corpos suados no deleite carnal
recaíram sobre ambos um outro tipo de amor.

A paciência transformada em amizade,
representação do que foi felicidade
e que hoje os fazem com os filhos criados,
pela estrada da vida juntinhos a caminhar.
( E B M )

Elio Moreira - Torres -_ RS OPB - Brasil

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ELIO MOREIRA:
- O OTIMISMA Autor(a):
A ARTE DE VIVER Autor(a):
A Capital Brasileira do Balonismo. Autor(a):
A FAVOR DA LEI Autor(a):
A FILHA DA DOR. = LAGOA DO VIOLÃO = Torres RS Autor(a):
A GENTE ESQUECE Autor(a):
A GRAMA DO VIZINHO Autor(a):
A HORA É AGORA Autor(a):
A M A D A Autor(a):
A M I G O S Autor(a):
A MORTE DA LAGOA - Lagoa do Violão Torres - RS Autor(a):
A VIDA EM COMPARAÇÕES. Autor(a):
A VOZ DA RAZÃO == TEIMOSIAS Autor(a):
ADEUS VIDA NOTURNA. Autor(a):
AGINDO CERTO Autor(a):
AIL ORDEM SCRIPTORIUM = ORGULHO E SATISFAÇÃO Autor(a):
ALEGRIA, EMOÇÃO E ORGULHO Autor(a):
ALMA CONSELHEIRA Autor(a):
AMADURECER Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMAR É... ASSIM! Autor(a):
AMAR POR AMAR Autor(a):
AMIZADE E FELICIDADE Autor(a):
AMOR E POESIA. Autor(a):
AMOR VIRTUAL Autor(a):
APAIXONADO Autor(a):
APICULTOR DESASTRADO Autor(a):
APOLOGIA DA VIDA Autor(a):
ARTE NA PRAÇA = Praça XV Novembro = Centro Torres = RS Autor(a):
ARTE Y POESIA Autor(a):