ONIVAN BARBOSA PANTOJA

 -  - ONIVAN BARBOSA
Total Visualizações: 1524
Texto mais lido:
O Outono de Nós Dois... - Total: 113
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 326
10 Autores mais recentes...
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
MARISA BARBOSA CAJADO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1445133
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 247677
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 122588
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112000
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 90280
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 53630
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33081
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31165
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 29920
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 25680
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 52
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Da Janela do Meu Quarto, Girassóis, Janina...


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Oh meu amor! Oh minha filhinha!
Minha pequena flor de rigidez angelical...
Anjo em flor! Flor de menina
Que floresceu no meu quintal...

Como um flébil girassol, meu amor,
Emurchecemos com a tarde quais defuntos!
Emurchecemos junto com a dor
Que ora nos abandona tristemente juntos...

Da janela do meu quarto... Girassóis, Janina!
Giram em cachos dourados
Os cabelos que o câncer não levou ainda...

Atroz certeza de na vida virmos existindo:
- Eu - como pai -, desconsolado!
- Tu - como um girassol -, descolorindo...

(Onivan – 20/09/2017)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ONIVAN BARBOSA PANTOJA:
(In) Felicidade... Autor(a):
À Língua Portuguesa... Autor(a):
À Sombra dos Laranjais... Autor(a):
Adeus... Autor(a):
Amor Voou... Autor(a):
Aquela Noite... Autor(a):
Borboleta Amarela... Autor(a):
Crisálida Autor(a):
Da Janela do Meu Quarto, Girassóis, Janina... Autor(a):
Dois Anjos... Autor(a):
Duas Almas... Autor(a):
Duas Lágrimas... Autor(a):
Entre Ter... Autor(a):
Fantasmas de Antigos Amores... Autor(a):
Flor da Idade... Autor(a):
Flores da Última Primavera... Autor(a):
Lembranças... Autor(a):
Loucura! Autor(a):
Meus Dias... Autor(a):
Na Solidão do Necrotério... Autor(a):
Nicole Autor(a):
Ninfa das Sombras Autor(a):
O Outono de Nós Dois... Autor(a):
O Tempo Que Passou... Autor(a):
Per Fas Et Nefas Autor(a):
Recital no Lago Mudo Autor(a):
Sóror Negra Autor(a):
Tarde Tristonha... Autor(a):