CARLOS ALVES

 -  - CARLOS ALVES
Total Visualizações: 1660
Texto mais lido:
Poesia - Total: 111
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 186
10 Autores mais recentes...
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
GISELE NEGRO DE LIMA
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1210139
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 226975
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110052
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 80510
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 80447
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43426
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28426
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27839
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25701
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23190
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 30
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

louco...


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Palavras são coisa pouca, pra expressar a coisa louca
Transcendente, surreal...
Quando você de repente, adentra a minha mente,
Transbordante, visceral!
Seu corpo entranhando o meu, meus olhos fundindo aos seus
Noutro tempo e dimensão
Não sei como explicar, vivo, só me sinto estar
Com o bater do coração.

Por que perdido num espaço, me ligo a ti num abraço
Eu não consigo explicar
Ter minha alma extasiada, e os olhos cheio d’água
Também não sei explicar...
Como então vou explicar, este fogo no meu rosto
E meus lábios com seu gosto, e o seu cheiro no ar...
Como é que eu posso explicar estar imerso em seus carinhos,
Se de repente estou sozinho, com o peito cheio de dor...
Não, não sei o que está acontecendo, se estou enlouquecendo
Ou morrendo de amor.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de CARLOS ALVES:
À noite Autor(a):
A VIDA EM FLOR Autor(a):
Ah! Como eu queria Autor(a):
Alem da vida Autor(a):
Ao leu Autor(a):
Coração de pedra Autor(a):
Encanto Autor(a):
Esperança Autor(a):
Eu te amo mais Autor(a):
Eu te amo mais Autor(a):
flertes Autor(a):
Impossivel te esquecer Autor(a):
Insaciavel Amor Autor(a):
Jardim da existência Autor(a):
Lágrimas Autor(a):
louco... Autor(a):
meu amor em rimas Autor(a):
noites de outono Autor(a):
O Amor Autor(a):
Poesia Autor(a):
Santos Autor(a):
Saudade Autor(a):
Sonhar Autor(a):
Sublime amor Autor(a):
Tempo Autor(a):
Transcendência Autor(a):
Tu Autor(a):
velho Autor(a):