SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 1466684
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 2340
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2425
10 Autores mais recentes...
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1466684
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 249564
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 124640
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112184
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 90940
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 54683
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33489
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31456
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30235
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 25884
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 161
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ARDENTE MAL


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 13 – 14/09/2011.

Agora, de novo segues... Na partida
Eu tinha os olhos vermelhos de tristeza
Cada lágrima brotava tão incontida,
Mas teu olhar transluzia gélida frieza.

Eras pedra, não te comovia a despedida,
Nem meu pranto que o chão bebia
E minh’alma que soluçava muito ferida.
Meu coração pulsava extrema agonia!

Esta paixão como fogo que só consome
E me fazia mergulhar em tantos lamentos
E como louco balbuciava teu nome...

Subitamente, porém, um relâmpago alumia
Então tive vista da paixão os fundamentos,
Era um ardente mal que minava e consumia!

SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):