ONIVAN BARBOSA PANTOJA

 -  - ONIVAN BARBOSA
Total Visualizações: 967
Texto mais lido:
O Outono de Nós Dois... - Total: 71
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 241
10 Autores mais recentes...
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
GISELE NEGRO DE LIMA
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1210055
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 226965
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110052
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 80443
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 80423
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43422
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28424
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27838
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25700
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23188
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 57
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Crisálida


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Ser ninfa! Ser, num casulo, envolvida!
- Dentro de um invólucro, viver!
Ter a alma presa, (presa vida!),
E como a mais bela lagarta morrer...

Lagarta verde, que lhe foi a vida?!
Morrer - além de tudo -, morrer?!
Ser em tudo lagarta, (ser vida!),
E da crisálida, borboleta nascer...

Agita as asas, demudada...
Esvoaça nas alturas seu renascer!
Esvoaça, assim, (metamorfoseada!),
E como borboleta principia a viver...

Célere corre, esvoaçando pelos céus!
- Pelo mundo vai, pela vida...
Rufla as asas e num escarcéu
Fulge em mil gradações, colorida...

Um dia lagarta... No outro, crisálida!
E inda mais, vívida borboleta além!
E toda envolta, (em voltas cálidas!),
Muda à vida como eu mudo também!

(Onivan - 16/03/2010)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ONIVAN BARBOSA PANTOJA:
(In) Felicidade... Autor(a):
À Língua Portuguesa... Autor(a):
À Sombra dos Laranjais... Autor(a):
Adeus... Autor(a):
Amor Voou... Autor(a):
Aquela Noite... Autor(a):
Borboleta Amarela... Autor(a):
Crisálida Autor(a):
Da Janela do Meu Quarto, Girassóis, Janina... Autor(a):
Dois Anjos... Autor(a):
Duas Almas... Autor(a):
Duas Lágrimas... Autor(a):
Entre Ter... Autor(a):
Fantasmas de Antigos Amores... Autor(a):
Flores da Última Primavera... Autor(a):
Lembranças... Autor(a):
Loucura! Autor(a):
Meus Dias... Autor(a):
Na Solidão do Necrotério... Autor(a):
Nicole Autor(a):
Ninfa das Sombras Autor(a):
O Outono de Nós Dois... Autor(a):
O Tempo Que Passou... Autor(a):
Per Fas Et Nefas Autor(a):
Recital no Lago Mudo Autor(a):
Sóror Negra Autor(a):
Tarde Tristonha... Autor(a):