SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 1491403
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 2349
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2440
10 Autores mais recentes...
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1491403
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 251765
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 125768
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112317
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 91576
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 55755
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33872
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31687
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30603
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 26125
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 167
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

BURILADO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 08/11/2008.

Como quando o mar lança escuma,
Tão suja, que nos põe tantos medos.
Como ondas que se elevam uma a uma,
Tão bravas, e nos revelam segredos.

É vento tempestuoso que sobre tudo ruma,
Tão violento, que nos tira todo o enredo.
Como areias depositadas em alta duna,
Tão soltas, que o vento leva em degredo...

Como caminho que leva a lugar nenhum,
Como sombra que se desfaz com a luz,
Como poça d’água desfeita em vapor.

Como palavras sórdidas sem valor algum
Em letras açacaladas que muito reluz,
Vi burilado no teu ser: desprovido de amor!


SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):