SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 1225165
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 2186
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2120
10 Autores mais recentes...
ZEKA BIGUETTI
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
LUCONI
MÁRCIO EVANGELISTA DOS SANTOS
VIVIANE MAUBRIGADES
REGINA SOUZA VIEIRA
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
GISELE NEGRO DE LIMA
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1225165
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 228961
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110129
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 83100
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 82192
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43996
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28780
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 28027
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25934
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23329
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 117
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

CORAÇÃO BRASILEIRO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 20/08/94.

Imaginei alguém
Que levantasse a voz
Em tua defesa
Que falasse palavras de certeza,
Um homem que fosse brasileiro,
Que destruísse o baderneiro,
Não precisava ter um falar belo,
Mas que tivesse um coração brasileiro.
Queria ver teus filhos ardentes de amor,
Não de cuíca e pandeiro,
Homens que se dessem primeiro
Sem requerer de ti coisa alguma.
Porém as palavras soam,
São promessas jogadas ao vento
E os ouvidos coam
As mentiras que ecoam.
Falam pelos cotovelos!
Quem é que quer vê-los?
São árvores quebradas,
Ocas da verdade,
Estrumadas de mentiras,
Seivadas de pura ganância,
Que falam em melhorar a infância,
Que precisam arrancar dinheiro
Para tirar o menino da rua
E o que se vê é a realidade nua
Da morte que traga sem pena,
São cenas que os olhos veem
E que choca o coração.
Porém a ganância ardente
Cega os olhos do falante
Que passa como elefante
E pisa tudo a sua frente.
Promessas!... Promessas!...
É o que se ouve todo o dia,
Mas ronca a barriga vazia
Por falta do que comer.
Promessas!... Promessas!...
Isto não mata a fome,
Vergonha é o nome
Que o falante desconhece.
Falta verba para isto e aquilo
E da noite para o dia
O Fulano enriquece...
Vergonha!... Vergonha!...
Se fosse líquida
Engarrafaria com nome trocado
Para que os Fulanos
Tomassem um bocado,
Então veria suas faces rubras
E não mais enganariam
A este povo tão sofrido
Que tem esperança de ver
Sua pátria como um jardim florido.

SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):