Faz Aniversário Hoje!
Parabéns!!!

SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 1197860
Texto mais lido:
A ROSA E O HOMEM - Total: 2177
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 2075
10 Autores mais recentes...
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
ELIZABETH PEREIRA DA SILVA
ELLENDRA VALENTINE
ONIVAN BARBOSA PANTOJA
THALLES CAKAN
ADALTO FREITAS
PERGENTINO JUNIOR
MARIA DO SOCORRO DOMINGOS
PAOLA CAMILA DOS SANTOS ESQUIVEL
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1197860
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 225602
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 109994
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 79899
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 78603
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43063
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28209
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27679
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25566
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23098
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 176
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

DESTINO FINAL


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 24/10/2007.

Ainda não acostumei da tua ausência,
Sinto a falta, ao lembrar eu chovia.
Este amor não tem qualquer clemência,
Esmiúça meu ser, ele fez a dor que doía.

Ainda sinto falta, peno amor, a tua.
Este sentimento quero no choro afogá-lo
E vestir meus olhos desta realidade crua.
Então minha alma se consolaria em apagá-lo.

Já arranquei este amor do meu coração
E o pus, longe dos olhos, em escaldante deserto;
Para que morra, seque e se torne em pó.

E o vento da saudade o leve pro lixo da emoção
E caia no abismo do esquecimento, isto é certo,
E tenha, ali, perene repouso ficando só.


SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(((((((ECO))))))) Autor(a):
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...E CHOVIA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
...É O AMOR Autor(a):
...ERAM AZUIS Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):