THALYA SANTOS

 -  - THALYA SANTOS
Total Visualizações: 82319
Texto mais lido:
AMANHECER NA QUERÊNCIA - Total: 588
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1194
10 Autores mais recentes...
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
MARISA BARBOSA CAJADO
FATIMA HELUANY ANTUNES NOGUEIRA NOGUEIRA
ZEKA BIGUETTI
JOSÉ CARLOS GOMES RAIMUNDA PORFÍRIO GOMES
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
LUCONI
MÁRCIO EVANGELISTA DOS SANTOS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1228237
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 229421
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110150
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 83588
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 82319
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 44146
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28864
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 28092
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25983
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23369
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 173
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

ASSALTO


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Para aí velha manca...
Diz o pivete ,empunhando um canivete
Entrega a bolsa e sai calada
Ou deixo tua cara esfacelada.

A velha senhora surpresa!
Ao ver tanta violência...
Aperta a bolsa na mão
Cometendo a imprudência
grita...Socorro
Se entregar a bolsa eu morro.
O pivete fica nervoso...
treme a mão no canivete.

E num gesto enlouquecido
Com uma força estranha
Que a mão do diabo acompanha
Enfia o canivete...
Que entra certeiro
No coração...
Depois sem emoção
Puxa o canivete o ensanguentado.
Pega a bolsa, sai apressado.

A velha senhora caída
Sentindo perder a vida
Desesperada chama o pivete.

Ele sem entender
Cheio de medo e a tremer
Se vê ajoelhado no chão
Ao lado da velha senhora
Que arranca do pescoço um medalhão
Impresso em ouro dizia:
Meu filho...Junto a uma fotografia
O pivete pega assustado
Foge, rápido e desesperado.

Depois...
Depois juntando os pertences
Que na bolsa trazia
Chega a triste conclusão...
Ele é o menino da fotografia
E aquela senhora...
Que um dia tanto procurou
Era a mãe, que o abandonou.
E pelo documento ficou constatado
Foi a sua mãe ...
Que ele havia matado.

PELOTAS RS

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de THALYA SANTOS:
A ALMA Autor(a):
A CADEIRA DA VOVÓ Autor(a):
A CHUVA NÃO PARA Autor(a):
A CIDADE DORME Autor(a):
A CIDADE MAIS ANTIGA DO RIO GRANDE DO SUL ( CURIOSIDADES ) Autor(a):
A DANÇA DA CANETA Autor(a):
A DESGRAÇADA DA ESTELA Autor(a):
A DIFERENÇA DE LADRÃO DE GALINHA E DE ROUBAR O PAÍS Autor(a):
A DOR QUE SUFOCO EM MEU PEITO Autor(a):
A ESCADA Autor(a):
A ESCOLA DA VIDA Autor(a):
A FORÇA DA AMIZADE Autor(a):
A HERANÇA Autor(a):
A HISTÓRIA DA VELHA Autor(a):
A HISTÓRIA DO PIÁ Autor(a):
A IMPORTÂNCIA DO QUASE Autor(a):
A LUA FOI DORMIR Autor(a):
A MADRUGADA Autor(a):
A MAGIA DA NOITE Autor(a):
A MENINA E HISTÓRIA Autor(a):
A MINHA AMIGA AMARILLIS Autor(a):
A MORTE Autor(a):
A MORTE NÃO INTERROMPE A VIDA Autor(a):
A PALHAÇA Autor(a):
A PERERECA GELADA Autor(a):
A POESIA DO NADA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A PORTA TRANCADA Autor(a):
A RUA Autor(a):