THALYA SANTOS

 -  - THALYA SANTOS
Total Visualizações: 96457
Texto mais lido:
AMANHECER NA QUERÊNCIA - Total: 618
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1274
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1663530
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 265801
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 141188
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113620
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 96457
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 65286
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 36793
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33835
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 33435
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 33027
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 189
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

NA LAVOURA DA VIDA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Minha mão esta tão grossa
Que até perdi o tato
Pois passo o dia na roça.
Planto batata couve feijão
Planto amor no coração
Planto tomate alface cebola
Salada verde de esperança
Plantar é um prazer
Um prazer que não me cansa.
Por que... A semente
Circula em minha mente.
Planto amor amizade e carinho
Na lavoura do meu caminho.
Rego as plantas
Com lágrimas de emoção
Colho aquilo que planto
E neste plantar eu tento
Plantar com perfeição.
Com minha pá eu enterro
Tristeza mágoa decepção.
Plantei minha poesia
Em uma folha vazia
Refloresceu a alegria.
Plantei sonhos nas nuvens
O vento tentou levar
Meu sonho vai e volta
No sonho eu posso voar
Eu vivo a plantar
Sonhos e esperanças
E nunca vou desistir
Plantar colher me permitir.
Caminhar sem medo
Viver com intensidade
Plantar a felicidade
Ser eu...
Plena sincera
Ser eu...
Thalya verdade.



Publicado no site: 10/09/2010 Pelotas R.S.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de THALYA SANTOS:
A ALMA Autor(a):
A CADEIRA DA VOVÓ Autor(a):
A CHUVA NÃO PARA Autor(a):
A CIDADE DORME Autor(a):
A CIDADE MAIS ANTIGA DO RIO GRANDE DO SUL ( CURIOSIDADES ) Autor(a):
A DANÇA DA CANETA Autor(a):
A DESGRAÇADA DA ESTELA Autor(a):
A DIFERENÇA DE LADRÃO DE GALINHA E DE ROUBAR O PAÍS Autor(a):
A DOR QUE SUFOCO EM MEU PEITO Autor(a):
A ESCADA Autor(a):
A ESCOLA DA VIDA Autor(a):
A FORÇA DA AMIZADE Autor(a):
A HERANÇA Autor(a):
A HISTÓRIA DA VELHA Autor(a):
A HISTÓRIA DO PIÁ Autor(a):
A IMPORTÂNCIA DO QUASE Autor(a):
A LUA FOI DORMIR Autor(a):
A MADRUGADA Autor(a):
A MAGIA DA NOITE Autor(a):
A MENINA E HISTÓRIA Autor(a):
A MINHA AMIGA AMARILLIS Autor(a):
A MORTE Autor(a):
A MORTE NÃO INTERROMPE A VIDA Autor(a):
A PALHAÇA Autor(a):
A PERERECA GELADA Autor(a):
A POESIA DO NADA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A PORTA TRANCADA Autor(a):
A RUA Autor(a):