THALYA SANTOS

 -  - THALYA SANTOS
Total Visualizações: 81693
Texto mais lido:
AMANHECER NA QUERÊNCIA - Total: 584
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1189
10 Autores mais recentes...
ZEKA BIGUETTI
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
MÁRCIO EVANGELISTA DOS SANTOS
VIVIANE MAUBRIGADES
REGINA SOUZA VIEIRA
HILTON MARCOS DE OLIVEIRA
WAGNER PAULON
GISELE NEGRO DE LIMA
ALEXANDRE DORNELES DE BRITO PINNA
SALETI HARTMANN
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1221257
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 228468
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 110105
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 82116
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 81693
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 43852
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 28679
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 27973
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 25859
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 23295
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 134
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

COM CARINHO AS MINHAS AMIGAS


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Caindo e levantando
Assim vou vivendo
Em cada tombo que caio
Nova lição vou aprendendo.

As vezes consigo tropicar
Em um eco, em nada.
Levanto, abro um sorriso!
Penso:Eu estava errada.

Outras vezes...
Num precipício sou jogada.
levanto, alma ferida magoada
Penso: Bhá que vida malvada.

Curo minhas feridas
caminho incerta, com dificuldade
Me renova a energia
O calor da amizade.

Amizade sincera
Palavra dita em hora certa
Uma mão estendida
Afeto e uma porta aberta.

Não possuo bens materiais
Mas sou rica e poderosa
Tenho tantas amigas!
Respiro perfume de rosa.

Apesar do meu louco jeito de ser
Elas conseguem me entender
São pérolas raras
Que Deus mandou, para me proteger.

Estes versos foram feitos.
Com alma e coração
Ofereço a minhas amigas
Com carinho e gratidão.




Publicado no site: em 18/09/2009

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de THALYA SANTOS:
A ALMA Autor(a):
A CADEIRA DA VOVÓ Autor(a):
A CHUVA NÃO PARA Autor(a):
A CIDADE DORME Autor(a):
A CIDADE MAIS ANTIGA DO RIO GRANDE DO SUL ( CURIOSIDADES ) Autor(a):
A DANÇA DA CANETA Autor(a):
A DESGRAÇADA DA ESTELA Autor(a):
A DIFERENÇA DE LADRÃO DE GALINHA E DE ROUBAR O PAÍS Autor(a):
A DOR QUE SUFOCO EM MEU PEITO Autor(a):
A ESCADA Autor(a):
A ESCOLA DA VIDA Autor(a):
A FORÇA DA AMIZADE Autor(a):
A HERANÇA Autor(a):
A HISTÓRIA DA VELHA Autor(a):
A HISTÓRIA DO PIÁ Autor(a):
A IMPORTÂNCIA DO QUASE Autor(a):
A LUA FOI DORMIR Autor(a):
A MADRUGADA Autor(a):
A MAGIA DA NOITE Autor(a):
A MENINA E HISTÓRIA Autor(a):
A MINHA AMIGA AMARILLIS Autor(a):
A MORTE Autor(a):
A MORTE NÃO INTERROMPE A VIDA Autor(a):
A PALHAÇA Autor(a):
A PERERECA GELADA Autor(a):
A POESIA DO NADA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A PORTA TRANCADA Autor(a):
A RUA Autor(a):