ANDRADE JORGE

 -  - ANDRADE JORGE
Total Visualizações: 26015
Texto mais lido:
FAÇA UMA PONTE - Total: 423
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 785
10 Autores mais recentes...
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
RUAN VIEIRA
FERNANDO DANIEL FRANCO DE CAMARGO
ELIAS OLIVEIRA DE JESUS
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1481634
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 250582
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 125326
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 112273
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 91299
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 55329
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 33687
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 31578
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 30450
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 26015
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 115
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

DESEJO DE AMOR


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Vou persegui-la sedento
feito cão no cheiro do cio, perder-me nos teus seios,
afogar-me na saliva da tua boca,
entre mil beijos acariciar com volúpia e desejo,
teu corpo manhoso,
perder a consciência no perfume
exalado deste vale em flor,
saciar-me nesta relva, explorar o escuro desta selva,
errante sem lume, sem escrúpulos, sem pudor,
enrolar-me nas tuas pernas como serpente do pecado,
no delírio do amor, depois ...
debruçar-me no teu peito, repouso sereno,
gostoso abandono, e no compasso
do teu corpo faceiro, desfaço-me por inteiro;
Morta a sede da louca paixão,
batalha sem vencido ou vencedor,
vejo-me ainda consumido,
nesta chama ardente deste infinito
desejo de amor!


direitos autorais reservados e registrados
Fundação Biblioteca Nacional
Rio de Janeiro/Brasil)

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ANDRADE JORGE:
"X" Autor(a):
"X" (poesia reflexão) Autor(a):
A CHUVA Autor(a):
A FÉ COMO ELA NÃO É Autor(a):
A FÉ COMO ELA NÃO É Autor(a):
A MULHER DO BARBEIRO (conto) Autor(a):
A MULHER QUANDO AMA Autor(a):
A PAZ Autor(a):
A TÁBUA (lição de vida) Autor(a):
ACADÊMICO ANDRADE JORGE Autor(a):
ACASO Autor(a):
ACQUA Autor(a):
ACQUA (poesia traduzida para o idioma Italiano) Autor(a):
ADEMILDE Autor(a):
ÁGUAS DE SALTO Autor(a):
AMANHÃ Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMANTES Autor(a):
AMAR Autor(a):
AMIGA Autor(a):
AMIGA Autor(a):
ANGELICAL E DEMONÍACO Autor(a):
ANJOS Autor(a):
APAGÃO Autor(a):
APAGÃO (Cotidiano) Autor(a):
ARDIL Autor(a):
ASNEIRAS & BESTEIRAS (poesia amor) Autor(a):
ATCHIMMMM! (poesia infantil) Autor(a):
ATRIZ Autor(a):
ATRIZ (POESIA REFLEXÃO) Autor(a):