THALYA SANTOS

 -  - THALYA SANTOS
Total Visualizações: 95156
Texto mais lido:
AMANHECER NA QUERÊNCIA - Total: 616
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1274
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1613039
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 262252
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 136741
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113290
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 95156
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 62591
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 36091
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33329
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 32684
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 30446
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 181
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

O QUE FAÇO DE MINHA VIDA


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

EU JÁ NEM SEI O QUE QUERO
EU SEI O QUE NÃO QUERIA SABER
EU ERREI QUANDO DEVERIA ACERTAR
EU ACERTEI QUANDO NÃO DEVERIA
EU AMEI QUEM NÃO DEVERIA AMAR
EU SORRI QUANDO EU QUERIA CHORAR!
EU DEI ADEUS, QUANDO QUERIA FICAR.
EU FIQUEI ATÉ NÃO SUPORTAR!
QUANDO DECIDI MINHA LIBERDADE
TENTARÃO ME MATAR!
... EU DEI O QUE NÃO TINHA
RECEBI O QUE NÃO QUERIA
ESQUECI QUE A VIDA
É SÓ MINHA!
ADOECI QUANDO NÃO QUERIA
PERDI QUANDO MERECIA GANHAR
GANHEI QUANDO MERECIA PERDER
CAMINHEI SOZINHA SEM SABER!
QUE SENTIRIA
A DOR E A SAUDADE
SEM RUMO SEM DIREÇÃO
SÓ SENTINDO UM GRANDE APERTO NO CORAÇÃO
MACHUQUEI PESSOAS QUE AMO
FUI MASSACRADA E AMALDIÇOADA SEM NADA FALAR
EU VIVO A ERRAR!
QUANTO MAIS TENTO ACERTAR.
PERDI A CHAVE DA CASA FIQUEI TRANCADA
QUANDO ACHEI NÃO QUIZ SAIR
OU MELHOR... NÃO TINHA AONDE IR
DORMI PARA NÃO PENSAR
ACORDEI PARA VIVER
UM SONHO DESFEITO
E A DOR DA SAUDADE.
SÓ TENHO AMIGAS DE VERDADE
PORQUE NINGUÉM ME MERECE
ONDE PASSO O MUNDO PADECE
FUI AO INFERNO E VOLTEI
POIS LA NÃO FUI BEM RECEBIDA
ENTÃO REZEI.
DEUS QUE FAÇO EU DE MINHA VIDA

08/11/2013

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de THALYA SANTOS:
A ALMA Autor(a):
A CADEIRA DA VOVÓ Autor(a):
A CHUVA NÃO PARA Autor(a):
A CIDADE DORME Autor(a):
A CIDADE MAIS ANTIGA DO RIO GRANDE DO SUL ( CURIOSIDADES ) Autor(a):
A DANÇA DA CANETA Autor(a):
A DESGRAÇADA DA ESTELA Autor(a):
A DIFERENÇA DE LADRÃO DE GALINHA E DE ROUBAR O PAÍS Autor(a):
A DOR QUE SUFOCO EM MEU PEITO Autor(a):
A ESCADA Autor(a):
A ESCOLA DA VIDA Autor(a):
A FORÇA DA AMIZADE Autor(a):
A HERANÇA Autor(a):
A HISTÓRIA DA VELHA Autor(a):
A HISTÓRIA DO PIÁ Autor(a):
A IMPORTÂNCIA DO QUASE Autor(a):
A LUA FOI DORMIR Autor(a):
A MADRUGADA Autor(a):
A MAGIA DA NOITE Autor(a):
A MENINA E HISTÓRIA Autor(a):
A MINHA AMIGA AMARILLIS Autor(a):
A MORTE Autor(a):
A MORTE NÃO INTERROMPE A VIDA Autor(a):
A PALHAÇA Autor(a):
A PERERECA GELADA Autor(a):
A POESIA DO NADA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A PORTA TRANCADA Autor(a):
A RUA Autor(a):