ALEXANDRE BRUSSOLO

 -  - ALEXANDRE BRUSSOLO
Total Visualizações: 265287
Texto mais lido:
Música (T2941) - Total: 2650
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 274
10 Autores mais recentes...
JUAN CARLOS
DARLAN BEZERRA PILAR
JOSÉ ROBERTO DA SILVA
VALDINEI DA SILVA CAMPOS
JOSÉ MARIA AMARANTO
MILTON JORGE DA SILVA
CELSO GABRIEL DE TOLEDO E SILVA
MARIA DE SOUZA CEZAR
EVERALDO JOSÉ CAVALHEIRO PAVÃO
JOSE JOÃO BOSCO PEREIRA
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 1656888
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 265287
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 140617
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 113544
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 96261
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 64936
218 ZILDO GALLO
ZILDO GALLO
Total: 36686
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 33770
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 33295
657 ELIO MOREIRA
ELIO MOREIRA
Total: 32711
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 85
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Cabrita Brita (T233)


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Prestem atenção
na história que vou contar,
absurda ou não
ela é de abismar.
Havia em uma fazenda
uma cabrita que gente queria ser,
todos ela cativava com tamanha prenda,
pois como gente ela queria viver.
Quando chegava alguém lá ela estava,
de olho nas fofocas e nas fofoqueiras,
querendo saber tudo o que se passava,
sem saber se as palavras eram verdadeiras.
Corria depois a contar para os outros animais,
gabando-se e dando toda a fita
das bocas que sabiam demais,
assim era a simpática cabrita Brita.


Alexandre Brussolo (24/04/2009)


 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de ALEXANDRE BRUSSOLO:
A arte de amar (T2387) Autor(a):
A cada dia (T2178) Autor(a):
A cada dia (T2631) Autor(a):
A cada manhã (T1803) Autor(a):
A cada noite (T2004) Autor(a):
A casa (T2944) Autor(a):
A Derrota (T175) Autor(a):
A dor da perda (T690) Autor(a):
A dor de um poeta (T799) Autor(a):
A Era da Incerteza (R30) Autor(a):
A Estrelinha (T443) Autor(a):
A força de Deus (T1585) Autor(a):
A Gafe (T200) Autor(a):
A história se repete (T552) Autor(a):
A Imagem de Deus (T1074) Autor(a):
A Janela (T617) Autor(a):
À luz de velas (T718) Autor(a):
À mercê (T2616) Autor(a):
À Minha Vó... (T202) Autor(a):
A outra metade (T2088) Autor(a):
A poesia de cada um (T2914) Autor(a):
A presença de Deus (T1699) Autor(a):
A Princesa (T1766) Autor(a):
A Princesa (T311) Autor(a):
À Procura do Caminho Certo (T25) Autor(a):
A saudade dói (T1747) Autor(a):
A seu lado (T2157) Autor(a):
À sua procura (T2214) Autor(a):
A tal felicidade (T2840) Autor(a):
A Taturana Ana (T238) Autor(a):