Total Visualizações: 177660
Texto mais lido:
AINDA FALTAM PALAVRAS - Total: 633

Amigos Recentes

1121 THALYA SANTOS622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO385 ANDRADE JORGE477 ADEMYR BORTOT587 RODRIGO GIOVANI BORCHARDT284 MARLI  FIORENTIN3 JÚLIO CÉSAR DE ALMEIDA VIDAL444 DRILLY MANFRE
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 190 Todos os textos de: DIRCEU DETROZ
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Os senhores das armas


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Foi a partir das duas últimas décadas do século 20 que o mundo começou a ouvir falar da globalização. Ainda sem viés ideológico definido embora a política estivesse presente, a globalização visava a integração do conhecimento, da economia e da cultura. Alertava ainda, para as mudanças climáticas.

Hoje é sabido que a globalização desempenhou papel fundamental na “Perestroika” de Gorbachev. O que ninguém podia nem sonhar aconteceu. O império comunista russo desabou em poucos meses. O momento histórico da capitulação comunista exibido como troféu de guerra pelo Capitalismo foi a queda do “Muro de Berlim”.

Outro papel decisivo da globalização foi na formação da União Europeia. Uma Europa com moeda única e praticamente sem fronteiras. Se o medo do terrorismo não fez tudo desmoronar, o movimento migratório está mudando perigosamente o viés ideológico no continente.

Quando o terrorismo desferiu seu ataque mais espetacular dentro do território do maior império ocidental capitalista, a globalização foi olhada com desconfiança pela primeira vez. Não foi a globalização quem produziu o extremismo. Ele sempre existiu. Um mundo conectado criou maiores facilidades nas lavagens cerebrais. Vejam o Brasil.

Talvez, o último ato produzindo pela globalização comemorado, apoiado e financiado pelo Ocidente foi a Primavera Árabe”. As revoltas e revoluções que derrubaram alguns governos e ditadores árabes. Na Síria deu tudo errado. O ditador permanece no poder, o país está destruído e em guerra até hoje.

Enquanto acontecia em países não de Primeiro Mundo chamava a atenção, porém, não causava preocupações. Quando aconteceu na maior democracia do planeta, a luz de alerta acendeu. Um radical de direita foi eleito ali. Já se sabe que Donald Trump vem criando uma seita de seguidores. O mundo deve temer essa seita.

Um dos subprodutos que a globalização ajudou a criar, hoje serve combustível político. A crise migratória mundial é usada pela extrema direita e pelo populismo na escalada ao poder. É assim nos Estados Unidos. O perigo de todo o Ocidente seguir o modelo não é imediato, mas real. Na Europa a extrema direita está em ascensão como nunca antes.

Sabemos que o extremismo de direita abomina a ciência. Os estudos científicos são invenções de alguns idiotas, e as mudanças climáticas contos de fadas. Estranhamente prefere fingir acreditar nos contos dos livros religiosos. Às vezes, de joelhos.

Isto não é tudo. Instigado pelos senhores da guerra e das armas, Donald Trump tem a intenção de iniciar uma nova corrida armamentista no planeta. Putin, que ainda sonha reunificar pela força seu amado e glorioso império russo concorda com a corrida.

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 9
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 Os senhores das armas 9 19/08/2019
0 A esperança e a dor 58 12/08/2019
0 HOUVE UMA VEZ UM VERÃO... 30 10/08/2019
0 O primeiro homem 73 05/08/2019
0 PURA MAGIA 47 02/08/2019
0 As garotas da ficção 74 29/07/2019
0 FANTASMAS 71 27/07/2019
0 O perigo dos radicais 85 22/07/2019
0 GRITOS 84 20/07/2019
0 RECEITA 84 18/07/2019
1 SACRILÉGIO SANTO 85 17/07/2019
0 Nuvem negra 83 16/07/2019
0 A década revolucionária 99 15/07/2019
0 PSICOSES 103 12/07/2019
0 Nascimento e morte 108 08/07/2019
0 Os humanos e a humanidade 128 01/07/2019
1 CAÇADORA 124 28/06/2019
0 A ESTRANHA INTELIGÊNCIA 138 24/06/2019
0 JOGO DE CENA 135 22/06/2019
0 O FRANKENSTEIN ATÔMICO 137 17/06/2019
0 CARCAÇA 133 15/06/2019
1 CIRANDAS 134 14/06/2019
0 A CIÊNCIA ACIMA DE TODOS 139 10/06/2019
3 BRINCOS DE ARGOLAS (Dirceu Detroz) 142 08/06/2019
0 AS SUPREMACIAS INVISÍVEIS - Crônica escrita em 2017 136 05/06/2019
0 O DIA D 135 03/06/2019
0 SOBRAL E A CELEBRIDADE DE EINSTEIN 147 27/05/2019
0 PRAGA LUXUOSA 147 22/05/2019
0 O HEROÍSMO E AS BARBÁRIES 138 20/05/2019
0 UM 2050 PARADOXAL 145 13/05/2019