Total Visualizações: 706868
Texto mais lido:
Dois polos - Total: 537

Amigos Recentes

504 JOÃO JOSÉ SANTAROZA795 SANDRA TAÍS AMORIM DA CUNHA284 MARLI  FIORENTIN457 CHARLES SILVA712 GILMAR GROSSINI568 CRISTIANE FREITAS879 MÁRIO AMÂNCIO AZEVEDO758 GURU EVALD
Meus amigos...
Foto de Capa Efuturo SEDNAN MOURA 613
Todos os textos de: SEDNAN MOURA
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

POR AMOR


*** Faça o seu Login e envie esse texto por email ***

Rio, 29/10/80.

Deus olhou o homem
E o viu a pecar,
E antes do mundo fundar
Um decreto firmou,
Antes da promessa a Abraão dar,
Para tempo futuro o predisse.
Já havia em Seu Coração,
Muito antes da fundação,
Enviar um homem
Que fizesse a remissão.
E como na terra
Um justo não havia,
Mandou Seu Filho para pagar
Uma dívida que, só com sangue,
Liquidar se podia.
Este sangue tinha que ser de alguém
Que fosse puro e bom e sem mácula,
Então, enviou o Cordeiro Pascal,
Que muito antes do mundo, a fundação,
Vivia na Eternal Mansão.

SEDNAN MOURA

 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 69
[ 30 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 AQUELE DIA 37 19/11/2018
0 ARDENTE DESEJO 9 19/11/2018
0 ARDENTE MAL 11 19/11/2018
0 ARQUIVANDO 9 19/11/2018
0 ARRANJO DE ROSAS 9 19/11/2018
0 ARRAZOANDO 26 18/11/2018
0 ARROGÂNCIA 12 18/11/2018
0 ARROGANTES 12 18/11/2018
0 ARTE DA VIDA 11 18/11/2018
0 ARTE DIVINA 11 18/11/2018
0 ÁRVORE E FLORES 40 17/11/2018
0 ÁRVORE 15 17/11/2018
0 AS BODAS 14 17/11/2018
0 AS CORES DA ROSA 14 17/11/2018
0 AS DUAS PALAVRAS 15 17/11/2018
0 AS FACETAS DO AMOR 37 16/11/2018
0 AS FLORES 13 16/11/2018
0 AS GAIVOTAS (rondel) 18 16/11/2018
0 AS PALAVRAS 16 16/11/2018
0 AS QUERELAS 14 16/11/2018
0 AS RAZÕES 32 15/11/2018
0 ÀS VEZES 15 15/11/2018
0 ASSASSINATO DA VERGONHA 16 15/11/2018
0 ASTRONAUTA 14 15/11/2018
0 ATÉ QUE... 16 15/11/2018
0 ATENÇÃO 77 14/11/2018
0 ATO SUBLIME 16 14/11/2018
0 ATRÁS DA PORTA 15 14/11/2018
0 ATUALIDADE 15 14/11/2018
0 B E S T E I R O L 16 14/11/2018