SEDNAN MOURA

 -  - SEDNAN MOURA
Total Visualizações: 638942
Texto mais lido:
Dois polos - Total: 482
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 1270
10 Autores mais recentes...
HAMILTON RAUL SERPA
JUAREZ VELÁSQUEZ DE MELLO CARVALHO
ARIEL ALVES DA SILVA
LUIZ HENRIQUE GOMES PATRIOTA
MARA ROSANI CRIZEL
THAYS GARCIA RODRIGUES
THALYA SANTOS
RENON DA SILVA BRITO
MAROEL DA SILVA BISPO
LUCAS MENEZES
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 638942
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 113143
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 104550
1121 THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Total: 40112
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 27846
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 17489
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 13871
247 VANESSA  SOARES
VANESSA SOARES
Total: 13544
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 13145
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 12575
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 19
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

FIM DE AMOR

Rio, 14/09/2007.

Teu espírito anda, de mentiras, povoado.
Teu ouvido se deixou levar por falácias,
Palavras mecânicas que se fingem acácias
E cegam o coração iludido e deslumbrado.

O teu ser agora corre como fugitivo
E se distancia do amor de verdade
E professas que tens, hoje, a liberdade,
Até pareces livre, mas de querer cativo.

Eu te vejo assim fora da razão e peno,
Pois percebo que a tua mente desvaira
E que de ti recebia não amor, mas veneno.

Quero te dizer que vou vivendo sem mágoas
E, hoje, uma frase pra te dizer na mente paira:
Todo aquele amor, ontem, afoguei nas águas!


SEDNAN MOURA
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de SEDNAN MOURA:
(...) Autor(a):
(A)CHEI ROSA Autor(a):
... NINGUÉM ME TIRA Autor(a):
... SE SONHAMOS Autor(a):
...AO MAR Autor(a):
...E AGORA Autor(a):
...É FERA Autor(a):
0 SÓSIA Autor(a):
01 (aldravia) Autor(a):
01 (PI) Autor(a):
02 (aldravia) Autor(a):
02 (PI) Autor(a):
03 (aldravia) Autor(a):
03 (PI) Autor(a):
04 (aldravia) Autor(a):
04 (PI) Autor(a):
05 (aldravia) Autor(a):
05 (PI) Autor(a):
06 (aldravia) Autor(a):
06 (PI) Autor(a):
07 (aldravia) Autor(a):
07 (PI) Autor(a):
08 (aldravia) Autor(a):
08 (PI) Autor(a):
09 (aldravia) Autor(a):
09 (PI) Autor(a):
10 (aldravia) Autor(a):
10 (PI) Autor(a):
100 (aldravia) Autor(a):
100 (PI) Autor(a):

Parceria:

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências.