THALYA SANTOS

 -  - THALYA SANTOS
Total Visualizações: 6763
Texto mais lido:
AMANHECER NA QUERÊNCIA - Total: 117
Educares são nossos pontos, nossa pontuação! Educares: 301
10 Autores mais recentes...
JUAREZ VELÁSQUEZ DE MELLO CARVALHO
ARIEL ALVES DA SILVA
LUIZ HENRIQUE GOMES PATRIOTA
MARA ROSANI CRIZEL
THAYS GARCIA RODRIGUES
THALYA SANTOS
RENON DA SILVA BRITO
MAROEL DA SILVA BISPO
LUCAS MENEZES
MÁRIO AMÂNCIO AZEVEDO
10 Autores mais lidos...
613 SEDNAN MOURA
SEDNAN MOURA
Total: 531718
272 PEDRO VONO
PEDRO VONO
Total: 103416
285 ALEXANDRE BRUSSOLO
ALEXANDRE BRUSSOLO
Total: 94887
190 DIRCEU DETROZ
DIRCEU DETROZ
Total: 18941
247 VANESSA  SOARES
VANESSA SOARES
Total: 11153
496 ALBERTO DOS ANJOS COSTA
ALBERTO DOS ANJOS COSTA
Total: 10806
189 LADISLAU FLORIANO
LADISLAU FLORIANO
Total: 10714
375 WILLIAM PEREIRA DE MENDONÇA
WILLIAM PEREIRA DE MENDONÇA
Total: 10210
385 ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Total: 9449
622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO
Total: 8792
Sala de Leitura
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto TituloTexto



Total de visualização: 24
Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 0
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!
  Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

DIVAGANDO EM MINHA LOUCURA

Uma segunda feira de um dia
De silêncio profundo
Parecendo um buraco no mundo
Uma pergunta no ar
Qual próximo passo vou dar
Não sei. . talvez para cozinha almoçar
Que parada na vida, ou que vida parada
Próximo passo vou dar, talvez uma virada
Mas que virada? Na cama deitada
sonolenta e mal sesteada
Loucura me incita realidade quem evita
Não dá o mundo é real e só na loucura o sonho se faz,
E que ainda me capaz!
Mais doido é quem me ler.
Bhá como delira meu pensamento
Quando minha barriga esta vazia.
Como cavalo xucro
Meu pensamento corcoveia
Ainda me corre o sangue na veia
Vontade de correr
Abraçar meu sonho
Bonito feio ou medonho.
Minhas pernas já não me acompanham
Teimam em fraquejar
Eu vivo com elas a brigar
Vou arrumar minhas malas
Partir para o além
Criar asas voar no espaço
Vou buscar um abraço
Que sera meu remédio
Acabar assim com meu tédio.


Publicado em 29/04/2013
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login. Mais textos de THALYA SANTOS:
A ALMA Autor(a):
A CADEIRA DA VOVÓ Autor(a):
A CHUVA NÃO PARA Autor(a):
A DANÇA DA CANETA Autor(a):
A DESGRAÇADA DA ESTELA Autor(a):
A DOR QUE SUFOCO EM MEU PEITO Autor(a):
A ESCADA Autor(a):
A ESCOLA DA VIDA Autor(a):
A FORÇA DA AMIZADE Autor(a):
A HISTÓRIA DA VELHA Autor(a):
A IMPORTÂNCIA DO QUASE Autor(a):
A LUA FOI DORMIR Autor(a):
A MAGIA DA NOITE Autor(a):
A MENINA E HISTÓRIA Autor(a):
A PALHAÇA Autor(a):
A PERERECA GELADA Autor(a):
A POESIA DO NADA Autor(a):
A POESIA ME ABRAÇA Autor(a):
A PORTA TRANCADA Autor(a):
A RUA Autor(a):
A TELA VAZIA Autor(a):
A TUA POESIA Autor(a):
A VIDA Autor(a):
A VIDA NÃO PARA Autor(a):
ADEUS AMIGA Autor(a):
ALÉM DO HORIZONTE Autor(a):
ALMA PENADA Autor(a):
ALUCINADA Autor(a):
AMANHECER NA QUERÊNCIA Autor(a):
AMANTE DA POESIA Autor(a):

Parceria:

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências.